O teatro na escola e a construção de uma cultura de paz

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103362019249

Palavras-chave:

Pedagogia do teatro, Cultura da paz, Teatro na escola, Habilidades sociais

Resumo

O presente artigo discute a presença do teatro na escola como alternativa para a fomentar a cultura de paz. Para tanto, recorreu-se à literatura específica, tal como experiências de outros países latino-americanos a fim de problematizar como o teatro tem auxiliado no desenvolvimento de habilidades sociais, imprescindíveis ao convívio escolar. Em uma sociedade que cada vez mais estimula o êxito individual, o teatro na escola se mantém como um lugar de resistência, pois além de enriquecer a expressão e a comunicação, gera um sentimento de grupo e desenvolve a compreensão nas relações com o outro, enriquecendo as capacidades sociais de cada um, tão necessárias à formação integral da pessoa e à vida em sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Carvalho de Figueiredo, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Professor do curso de graduação em Teatro e da Pós-Graduação em Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Referências

ABRAMOVICH, Fanny. Teatro na Educação: o que é afinal? In: BRASIL. Ministério da Educação e Cultura, Serviço Nacional de Teatro. Teatro na Educação: subsídios para seu estudo. RJ, 1976, p.7-9.

BRASIL. Lei 12.711 que dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio. Disponível em: http://www.pla- nalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/decreto/d7824.htm. Acesso em: 10 abr. 2018.

BRECHT, Bertolt. Estudos sobre teatro. Tradução de Fiama Pais Brandão. 2ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005.

CHARLOT, Bernard. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artemed, 2000.

DESGRANGES, Flávio. Pedagogia do teatro: provocação e dialogismo. São Paulo: Hucitec, 2006.

FIGUEIREDO, Ricardo Carvalho de. A dimensão coletiva na criação: o processo colaborativo no Galpão Cine-Horto. 2007. Dissertação (Mestrado) – Escola de Belas Artes, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2007.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 14ª ed. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra S/A, 2000.

MANTOVANI, Alfredo. ¿Es posible construir una pedagogía futurista? Homo Sapiens. V.4, 2002, p. 8-9.

RYNGAERT, Jean-Pierre. Jogar, representar: práticas dramáticas e formação. São Paulo: Cosac Naify, 2009.

SARAMAGO, José. O conto da ilha desconhecida. 1ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

SPOLIN, Viola. Improvisação para o teatro. 4ª ed. São Paulo: Perspectiva, 2003.

TORRES, Adelaida. Hic et nunc: el cuerpo en la educación. Una experiencia de teatro en el aula para el aquí y ahora. Educación y ciudad. V. 28, 2015, p. 49-55.

UNESCO – EDUCAÇÃO UM TESOURO A DESCOBRIR: Relatório para a UNESCO da

Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. SP: Cortez, 1997.

Downloads

Publicado

2019-12-13

Como Citar

FIGUEIREDO, R. C. de. O teatro na escola e a construção de uma cultura de paz. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 36, p. 249-259, 2019. DOI: 10.5965/1414573103362019249. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/15747. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Pedagogia do Teatro: vozes da América Latina