Professores de violão para crianças: um estudo sobre estratégias e abordagens adotadas em cursos de licenciatura em Música

Autores

  • Regina Finck Schambeck Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Roveli Bichels Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Willian Mota Caitano dos Reis Universidade do Estado de Santa Catarina

Palavras-chave:

Educação musical, Violão, Criança, Ensino

Resumo

A presente pesquisa apresenta foco no ensino de violão de crianças na faixa etária de cinco a doze anos. Busca-se verificar o que pensam professores que atuam em cursos de graduação sobre o ensino de violão para crianças, investigando-se as estratégias e abordagens utilizadas para a preparação dos professores de instrumentos que atuarão com o público infantil. Para isto, utilizou-se como metodologia de pesquisa a abordagem qualitativa, através de revisão bibliográfica e aplicação de questionário autoadministrado enviado a professores que atuam ou atuaram em nove cursos de licenciatura em música em diferentes estados brasileiros. Apurou-se que a maioria dos professores participantes utiliza propostas de trabalho com base no ensino coletivo do instrumento; ressalta a importância da afetividade na relação professor-aluno; reconhece como fator determinante para a aprendizagem do instrumento violão o conhecimento sobre o desenvolvimento cognitivo da criança; e recomenda a utilização de atividades lúdicas para melhorar a aprendizagem do instrumento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Resolução Nº 2, de 8 de março de 2004. Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES02-04.pdf>. Acesso em:20 de abr. de 2017.

______. Ministério da Educação. Portal MEC. Conselho Nacional de Educação – Conselho Pleno. Resolução CNE/CP n. 1, de 18 de fevereiro de 2002. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_02.pdf>. Acesso em: 21 jun. 2017.

_______. Parecer do CNE/CP 009/2001, que estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/009.pdf Acesso em: 20 de abr. de 2017.

_______. Lei n. 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o estatuto da criança e do adolescente e dá outras providências. Disponível em: <https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/70318/64.pdf?sequence=3>. Acesso em: 16 nov. 2016.

COMINI, Doalcei; BARRETO FILHO, Eduardo; VICTOR, Thiago. Sonhando em Cordas. In: XXVI Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música (ANPPOM). Anais... Belo Horizonte: UFMG, 2016. p.1-8. Disponível em: <http://www.anppom.com.br/congressos/index.php/26anppom/bh2016/paper/view/4095>. Acesso em: 21 jun. 2017.

FIDALGO, Otavio Jorge; MACEDO, Mabel; TOURINHO, Cristina. Propostas e atividades para a iniciação musical e ensino coletivo de violão para crianças entre 7 e 11 anos. In: XXIV Congresso da Anppom. Anais... São Paulo, 2014. Disponível em: <http://www.anppom.com.br/congressos/index.php/24anppom/SaoPaulo2014/paper/view/2988>. Acesso em: 19 out. 2016.

FIREMAN, Milson. A escolha de repertorio na aula de violão como uma proposta cognitiva. Em Pauta. Porto Alegre, v. 18, n. 30, janeiro a junho 2007. p. 93-128.

FONTERRADA, Marisa. A linha e a rede. In: Simpósio Paranaense de Educação Musical, 17º Festival de Música. Anais... Londrina: UEL, 1997. p. 7-17.

FRANÇA, Cecília Cavalieri; SWANWICK, Keith. Composição, apreciação e performance na educação musical: teoria, pesquisa e prática. Em Pauta. Porto Alegre, v.13, n. 21, p. 5-41, 2002.

GODOY, Arilda S. Pesquisa Qualitativa: tipos fundamentais. In: Revista de Administração de Empresas (RAE). São Paulo, v. 35, n. 2, p. 57-63, 1995.

GRAY, David E. Pesquisa no mundo real. 2. ed. Porto Alegre: Penso, 2012.

MARIANI, Silvana. O equilibrista das seis cordas: método de violão para crianças. Curitiba: UFPR, 2002.

MOYSÉS, Gerson Luís Russo; MOORI Roberto Giro. Coleta de dados para a pesquisa acadêmica: um estudo sobre a elaboração, a validação e a aplicação eletrônica de questionário. In: XXVII Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Foz do Iguaçu, 9 a 11 de outubro de 2007. Disponível em: <http://www.abepro.org.br/biblioteca/ENEGEP2007_TR660483_9457.pdf>. Acesso em: 27 abr. 2017.

NOAD, Frederick M. First book for the guitar. Ed. Hal Leonard, 2009.

NUNES, Simone Aparecida de Aquino; FARIA, Moacir Alves de. Motivação do Aluno de 3 a 7 anos. In: Revista Eletrônica Saberes da Educação, v. 2, n. 1, 2011. p. 1-12. Disponível em: < http://docs.uninove.br/arte/fac/publicacoes/pdf/v2-n1-2011/Simone.pdf >. Acesso em: 11 ago. 2016.

OLIVEIRA, Rafael Dias de. Jogos e brincadeiras no ensino coletivo de violão para crianças. In: XVI Encontro Regional Sul da ABEM – Educação musical: formação humana, ética e produção de conhecimento. Anais... Blumenau: FURB, 2014. Disponível em: <http://abemeducacaomusical.com.br/conferencias/index.php/regional_sul/regional_sul/paper/viewFile/481/37>. Acesso em: 22 jun. 2017.

______. Jogos e brincadeiras no ensino coletivo de violão para crianças. Monografia (Graduação – Licenciatura em Música) – Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Artes, Florianópolis, 2013.

PINTO, Henrique. Ciranda das seis cordas: iniciação infantil ao violão. São Paulo: Ed. Ricordi, 2007.

______. Iniciação ao violão, volumes I e II – Curso Progressivo de Violão. 1999.

REIS, Willian Mota Caitano dos. Metodologias de Ensino de Violão: a criança em foco. 2016. 52f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Música) – Universidade do Estado de Santa Catarina. Departamento de Música/Centro de Artes, Florianópolis, 2016.

REIS, Willian Mota Caitano dos; SCHAMBECK Regina Finck. Ensino de Violão para Crianças: materiais pedagógicos em foco. VII Encontro de Pesquisa e Extensão do Grupo MusE, 2017, Florianópolis, Anais... Florianópolis: UDESC, CEART, 27 a de abril de 2017, p.54-65. Disponível em: grupodepesquisamuse.files.wordpress.com/2015/04/anais-do-v-encontro-do-muse-v-3.pdf. Acesso em 31 maio 2017.

ROCHA FILHO, Othon Gomes da. Minhas primeiras notas ao violão, Volumes I e II Irmãos Vitale Editores, 1966 – Coleção Mascarenhas.

SANTOS, Gabriel Bertuol. Violão Coletivo: propostas para o ensino de violão. Monografia (Graduação – Licenciatura em Música) – Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Artes, Florianópolis, 2013.

SILVA, Nelma Albino da. A importância da afetividade na relação professor-aluno. Brasil Escola. Monografia (Graduação em Pedagogia) – Faculdade de Educação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013. 44 p. Disponível em: <http://monografias.brasilescola.uol.com.br/pedagogia/a-importancia-afetividade-na-relacao-professor-aluno.htm>. Acesso em: 21 jun. 2017.

SUZUKI, Shinichi. Guitar School, volumes I a IX, 1991.

SWANWICK, Keith. Ensinando música musicalmente. São Paulo: Editora Moderna, 2003.

Downloads

Publicado

2017-12-01

Como Citar

SCHAMBECK, R. F.; BICHELS, R.; CAITANO DOS REIS, W. M. Professores de violão para crianças: um estudo sobre estratégias e abordagens adotadas em cursos de licenciatura em Música. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 13, n. 3, p. 008-030, 2017. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/9957. Acesso em: 26 nov. 2022.