Educação inclusiva na educação infantil: estudo exploratório em um município do estado de Goiás

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/19843178172021e0015

Palavras-chave:

Deficiência, Laudo, Diagnóstico, Inclusão, Educação Infantil

Resumo

O presente estudo tem como temática a presença de crianças com deficiência na Educação Infantil. O objetivo da pesquisa foi conhecer como ocorre a inserção desses alunos nos centros de educação infantil. Realizou-se uma pesquisa bibliográfica em livros, artigos científicos, dissertações, revistas e, leis. Posteriormente, um estudo exploratório tendo como recursos para a coleta de dados entrevistas e questionários. A pesquisa foi realizada em um Centro de Educação Infantil (CEI), de um município do estado de Goiás, Brasil. Participaram do estudo a coordenadora municipal da inclusão na Educação Infantil, a diretora do CEI, bem como sete pedagogos e cinco professores de apoio desse mesmo centro. Os resultados encontrados mostram que, cada vez mais, as crianças com deficiência estão sendo matriculadas na Educação Infantil e chegando nos CEIs já com o laudo “em mãos”. Entretanto, este documento não pode ser um pré-requisito para a inclusão, mas reconhecemos o seu valor para o encaminhamento dos alunos a profissionais especializados. Concluímos que a cada dia que passa os profissionais da educação e os municípios estão mais conscientes em relação ao seu papel na inserção das pessoas com deficiência, no entanto, há muito caminho a ser percorrido para que se cumpra as medidas estabelecidas nos documentos legais sobre a inclusão nas escolas regulares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosângela Lopes Borges, Instituto Federal Goiano

Graduada em Letras (UEG, 2006); Pós-Graduação em Educação Especial (APOGEU, 2010); Intérprete de LIBRAS (ASG, 2011); Especialização em Psicopedagogia Clínico Institucional (UNINTER, 2017); Mestranda em Educação Profissional e Tecnológica (IF Goiano, 2017). Professora dos cursos de licenciatura e pós-graduação, além de membro da Equipe Multidisciplinar do Núcleo de Atendimento Psicopedagógico Especializado (NAPE) da Faculdade de Caldas Novas.

Referências

ALVES, Teixeira Tatiane. O Laudo Clínico, a sala de aula e o professor. Revista Digital Tendência Inclusiva. 2017. Disponível em: https://www.tendenciainclusiva.com.br/single-post/2017/11/19/O-LAUDO-CL%C3%8DNICO-A-SALA-DE-AULA-E-O-PROFESSOR. Acesso em: 20 mai. 2018.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. 1. ed. São Paulo/SP: Edições 70, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação, Secretária de Educação Especial. A inclusão escolar de alunos com necessidades educacionais especiais- DEFICIÊNCIA FÍSICA. Brasília, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/deffisica.pdf. Acesso em: 20 set. 2018.

______. LEI Nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União: 23/12/1996.

______. A Consolidação da Inclusão Escolar no Brasil (2003 a 2016). Ministério da Educação, 2016. Disponível em: http://www.ufpb.br/cia/contents/manuais/a-consolidacao-da-inclusao-escolar-no-brasil-2003-a-2016.pdf. Acesso em: 12 set. 2018.

______. Lei nº 13.146 Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Brasília: Diário Oficial da União: 07/07/2015.

______. A consolidação da inclusão escolar no Brasil (2003 a 2016). Ministério da Educação; Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão; Diretoria de Políticas de Educação Especial. Disponível em: http://www.ufpb.br/cia/contents/manuais/a-consolidacao-da-inclusao-escolar-no-brasil-2003-a-2016.pdf. Acesso em: 12 set. 2018.

CRUZ, Mara Lúcia Reis Monteiro da. Estratégias Pedagógicas para Alunos com Dificuldades de Aprendizagem. Rio de Janeiro, 2014.

DINIZ, Debora. O que é Deficiência. São Paulo: Brasiliense, 2007.

FAVA, Maria Augusta Avença. Dificuldades de Aprendizagem: percepções e atitudes dos professores de 1º Ciclo do Ensino Básico. Dissertação (Mestrado) - Instituto Superior de Educação e Ciências. Lisboa – Portugal. Outubro, 2011.

FIGUEIREDO, Mirela de Oliveira; MATSUKURA, Thelma Simões; EMMEL, Maria Luísa Guillaumon. Práticas de identificação e estratégias de ensino para alunos com dificuldades de aprendizagem. Revista FSA, Teresina, v. 10, n. 2, art. 7, pp. 116-130, Abr./Jun. 2013.

FLEITH, Denise de Souza. Educação infantil: saberes e práticas da inclusão - altas habilidade/superdotação. 4, ed. Brasília: MEC, Secretaria de Educação Especial, 2006

GIL, Antônio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2008.

GOMES, Ana Maria Salgado; TERÁN Nora Espinosa. Transtornos de Aprendizagem e Autismo. Equipe Cultural, 2014.

GUGEL, Maria Aparecida. A pessoa com deficiência e sua relação com a história da humanidade. 2008. Disponível em: http://www.ampid.org.br/ampid/Artigos/PD_Historia.php. Acesso em: 12 mai. 2018.

INSTITUTO ABCD. Dificuldades e Transtornos de Aprendizagem: por que o aluno não aprende? 2013. Disponível em: http://www.institutoabcd.org.br/portal/arquivos/1372103012_modulo_2_final_webv8.1.pdf. Acesso em: 10 mai. 2018.

JANNUZZI, Gilberta de Martinho. A educação do deficiente no Brasil: dos primórdios ao início do século XXI. Campinas: Autores Associados, 2004.

JOSÉ, Elisabete da Assunção; COELHO, Maria Teresa. 13. ed. Problemas de aprendizagem. São Paulo: Editora Ática, 2011.

LOPES, Ivair Ximenes. A Sétima Cruzada. 2012. Disponível em: http://blog.msmacom.com.br/a-setima-cruzada/. Acesso em: 18 mai. 2018.

MALUF, Maria Irene. Crianças com Dificuldade de Aprendizagem. Direcional Escolas - Revista do Gestor Escolar. 2013. Disponível em: https://direcionalescolas.com.br/criancas-com-dificuldade-de-aprendizagem/. Acesso em: 20 mai. 2018.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Inclusão escolar: o que é? por quê? como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

MORAES, Deisy Nara Machado. Diagnóstico e Avaliação Psicopedagógica. Revista de Educação do IDEAU v.5 - n.10 - Janeiro - Junho 2010.

NASCIMENTO, Maria Inês Corrêa [et al.]. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais [recurso eletrônico]: DSM-5. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2014.

NUNES, Ana Silvia Duarte; CHAHINI, Thelma Helena Costa. A relevância da estimulação precoce à inclusão social e educacional de crianças com deficiência e de risco ambiental nas creches de tempo integral. III CONEDU (Congresso Nacional de Educação) 2016. Disponível em: https://editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV056_MD1_SA17_ID402_05032016005754.pdf. Acesso em: 07 mai. 2018.

OLIVEIRA, Josivania Feliciano. Dificuldades de Aprendizagem na Educação Infantil. Campina Grande: Universidade Estadual da Paraíba, 2014.

PAGANELLI, Raquel. O papel da escola quando há hipótese de diagnóstico de deficiência. 2018. Disponível em: http://diversa.org.br/artigos/o-papel-da-escola-quando-ha-hipotese-de-diagnostico-de-deficiencia. Acesso em: 20 mai. 2018.

RODRIGUES, Alba Simone Nunes Viana [et al.]. Dificuldades de Aprendizagem em Sala de Aula: atuação do professor e estratégias de intervenção. Revista do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica./Universidade Federal do Piauí, Teresina, v. 3, n. 1, p. 30-34, jan. / jun. 2015.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS Ernani Cesar de. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2. ed. Rio Grande do Sul: Feevale, 2013.

SANCHES, Isabel; TEODORO, Antônio. Da integração à inclusão escolar: cruzando perspectivas e conceitos. Revista Lusófona de Educação. 2006, 8, 63-83.

SILVA, Aline Maira. Educação Especial e inclusão escolar. Curitiba/PR: Editora Intersaberes. 2012.

SILVA, C. P.; BORGES, R. L.; PAIVA, L. D. Acessibilidade de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física. Beau-Bassin/Maurícias: NEA, 2018.

SPINELLO, Naiara Carla. As dificuldades de aprendizagem encontradas na Educação Infantil. Revista de Educação do Ideau. Vol. 9 – Nº 20 - Julho - Dezembro 2014.

STEFANELLO, Maristela dos Santos Ferreira. Inclusão do aluno com Síndrome De Down no Ensino Regular. SIDROL NDIA/MS 2010. Disponível em: http://maristelastefanello.blogspot.com/2010/10/sindrome-de-down_2158.html. Acesso em: 21 set. 2018.

Downloads

Publicado

2021-12-02

Como Citar

BORGES, R. L.; DE PAIVA, L. D. Educação inclusiva na educação infantil: estudo exploratório em um município do estado de Goiás. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 17, p. e0015, 2021. DOI: 10.5965/19843178172021e0015. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/14430. Acesso em: 24 maio. 2022.