Pequeno Mostruário do olho do espectador: Da percepção do visual cênico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101372020377

Palavras-chave:

Iluminação cênica, percepção da luz cênica, recepção do espectador, relação luz, cena e espectador

Resumo

Este artigo debate o funcionamento do encontro entre a representação e o olho do espectador. Este pequeno Mostruário explora as condições de percepção do olho do espectador, com o objetivo de compreender as interações entre o olho e a luz em cena. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Christine Richier, École Nationale Supérieure des Arts et Techniques du Théâtre em Lyon na França

Atuo na área de História do Teatro, Práticas Cênicas e Estudos interculturais. Professora dra. do Departamento de Artes Cênicas do Centro de Artes/UDESC. Orientando mestrandos e doutorandos no PPGT.

Tradutora: Priscila Costa

 Iluminadora e Mestranda em Artes da Cena e do Espetáculo Vivo - Université d’Artois, França. 

Referências

ANTOINE, A. (1903). “Causeries sur la mise en scène” [Conversas sobre a encenação], in: Cahiers de la Comédie Française [Cadernos da Comédia Francesa], nº 10.

BABLET, D. (1960). “La lumière au théâtre”. Théâtre Populaire [Teatro Popular] nº 38.

BACHELARD, G. (1943). L´air et les songes [O ar e os sonhos]. Paris: J. Corti, 1943.

BACHELARD, G. (1943). L´intuition de l´instant [A intuição do instante]. Paris: Gon-

thier.

BACON, F. (1627). “Sylva Sylvarum or A Natural Historie” [Floresta das florestas. Uma História Natural [Floresta das florestas ou Uma História Natural], in: Ten Centuries [Dez séculos]. Londres: William Lee.

BERGMAN, G. (1978). Lighting in the Theatre. [Iluminação no Teatro]. Totowa (New Jersey): Rowman and Littlefield.

BOULLET, P. (1801). Essai sur l´art de construire les théâtres, leurs machines et leurs mouvements [Ensaio sobre a arte de construir os teatros, as suas máquinas e os seus movimentos]. Paris: Baillard.

BROOK, P. (1985). Le diable c´est l´ennui: propos sur le théâtre. Théâtre, volume IV de Cahiers Théâtre/Éducation. Arles: Actes sud-Papiers.

DE’ SOMMI, L. “Quattro dialoghi in Materia di Rappresentazioni Sceniche” [Quatro di- álogos em matéria de Representações Cênicas]. Tradução francesa de Adrien Crémé- né e Sandra Peri baseado no texto coletado por Ferruccio Marotti. Revue d´Histoire du Théâtre [Revista de História do Teatro].

GOSSELIN, C. (1986). Catalogue de l´exposition Lumières: perception-projection [Catálogo da Exposição Luzes: percepção-projeção]. Paris: Centre national d´art contemporain.

INGEGNERI, A. (1598). Il discorso della poesia rappresentativa e del modo di rappre- sentare le favole sceniche [O discurso da poesia representativa e do modo de repre- sentar as fábulas cênicas]. Ferrara.

PAVIS, P. (1996). Dictionnaire du Théâtre [Dicionário do Teatro]. Paris: Dunod. PEREC, G. (1985). Penser, classer [Pensar, classificar]. Paris: Hachette.

VINCI, L. da ([c. 1510] 1987). Traité de la peinture [Tratado da Pintura]. Traduzido para o francês por A. Chastel. Paris: Berger-Levrault.

Revue Théâtre Public [Revista Teatro/Público] nº 120, 1994 e nº 81, 1988.

Downloads

Publicado

2020-04-17

Como Citar

RICHIER, C.; COSTA, T. P. Pequeno Mostruário do olho do espectador: Da percepção do visual cênico. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 37, p. 377-392, 2020. DOI: 10.5965/1414573101372020377. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101372020377. Acesso em: 19 ago. 2022.