BANDA DE MÚSICA: EDUCAÇÃO MUSICAL COMO INSTRUMENTO DE LIBERDADE E SUPERAÇÃO EM MEIO AOS JOVENS DO CAMPO

Autores

  • CRISTIANE SOARES GONÇALVES Universidade Federal do Ceará - UFC https://orcid.org/0000-0003-0337-6524
  • MARCO ANTONIO TOLEDO NASCIMENTO Universidade Federal do Ceará - UFC

DOI:

https://doi.org/10.5965/19843178182022e0035

Palavras-chave:

Didática musical, Banda de música, Ensino coletivo, Educação rural, Mestres de banda.

Resumo

Este artigo revela as reflexões e os resultados de uma pesquisa de mestrado realizada em 2017 a respeito da didática aplicada na formação humana e musical de jovens oriundos do distrito de Guanacés, na cidade de Cascavel – Ceará, membros de uma Banda de Música mantida pela Sociedade de Assistência e Educação Rural - SAERG. A Banda de Guanacés tornou-se relevante como proposta de investigação por promover, por meio de seu regente, ações que permitem sua resistência ao tempo e às dificuldades, transformando a vida de muitos jovens e seus familiares com o ensino da música. O objetivo da pesquisa foi conhecer e analisar as estratégias didático-pedagógicas do maestro, em um estudo de caso etnográfico através de uma abordagem qualitativa. Utilizamos os estudos de Paulo Freire (2003, 2015) e Vygotsky (1999, 2001), para tratarmos sobre o conhecimento social construído na área rural e o princípio da dialogicidade defendida como instrumento de liberdade dos sujeitos. Os resultados da pesquisa demonstraram que o trabalho didático promovido pelo maestro contribui significativamente para a formação humana e musical dos integrantes da Banda de Guanacés e desempenha um papel fundamental na transformação individual e coletiva do contexto socioeducacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

CRISTIANE SOARES GONÇALVES, Universidade Federal do Ceará - UFC

Bacharel e Licenciada em Música (UECE), especialista em Arte-Educação (FA7), especialista em Gestão Escolar (UFC), Mestre em Educação e doutoranda em Educação (UFC) com intercâmbio na Universidade de Laval. Atualmente é professora efetiva de Arte-Educação da rede estadual de ensino do Ceará e realiza pesquisas sobre os efeitos da metacognição no ensino coletivo entre as bandas de músicas.

MARCO ANTONIO TOLEDO NASCIMENTO, Universidade Federal do Ceará - UFC

Bolsista de Produtividade em Pesquisa da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP). Possui graduação em Educação Artística - Licenciatura Plena - Música (2003) e mestrado em Música - área Música e Educação (2007), ambos pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Concluiu o doutorado em Música (Cotutela de Tese) em 2011 nas áreas de Educação Musical pela Universidade Federal da Bahia e Musicologia pela Universidade de Toulouse II, Le Mirail, França. Realizou estágio Pós-Doutoral em Musicologia na Universidade Paris-Sorbonne (2013-2014). Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Ceará (UFC) Campus de Sobral atuando no Curso de Música-Licenciatura. É docente permanente dos Programas de Pós-Graduação em Educação Brasileira e Mestrado Profissional em Artes (ProfArtes). É membro do Comitê de Internacionalização da UFC e da Câmara das Ciências Humanas, Linguagem e Artes da FUNCAP. Líder do Grupo de Pesquisa PESQUISAMUS (CNPq), atua como pesquisador em diversos grupos de pesquisa nacionais e internacionais, sendo o coordenador brasileiro do projeto de cooperação internacional com a Universidade Laval (Canadá) intitulado "Estudo sobre as práticas musicais em espaços não institucionalizados no Canadá e no Brasil: formação humana e desenvolvimento através da Educação Musical em comunidades de situação de vulnerabilidade social" com financiamento da CAPES, da FUNCAP e do Ministério de Relações Internacionais do Canadá (PGCI/DFAIT 2015). É membro do Advocacy Standing Committee da Sociedade Internacional para a Educação Musical (ISME) e é embaixador da Federação Internacional de Orquestras de Jovens EUROCHESTRIES, sendo responsável pelo setor América Latina. 

Referências

BESSA, Evânio Reis et al. Cascavel 300 Anos. Fortaleza: Universidade de Fortaleza, 2001.

BOGDAN, R; TAYLOR, S. Introduction to qualitative research methods: a phenomenological approach to the social sciences. New York: J. Wiley, 1975.

CARVALHO, Vinícius Mariano de. A música militar na Guerra da Tríplice Aliança: notas documentais e manuscritos revelados. Belo Horizonte: Editora PUC Minas, 2018.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 59ª ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2015.

______. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2003.

NASCIMENTO, M. A. T. Método Elementar para o Ensino Coletivo de Instrumentos de Banda de Música “Da Capo”: um estudo sobre sua aplicação. 2007. Dissertação (Mestrado em Música) - Programa de Pós-Graduação em Música, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), 2007.

VYGOTSKY , L. A Formação Social da Mente. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

VYGOTSKY, L.; LEONTIEV, A.; LURIA, A. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Icone, 2001.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Tradução Daniel Grassi. 3. ed. p. 32. Porto Alegre: Bookman, 2005.

Downloads

Publicado

2022-10-10

Como Citar

GONÇALVES, C. S.; NASCIMENTO, M. A. T. BANDA DE MÚSICA: EDUCAÇÃO MUSICAL COMO INSTRUMENTO DE LIBERDADE E SUPERAÇÃO EM MEIO AOS JOVENS DO CAMPO. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 18, 2022. DOI: 10.5965/19843178182022e0035. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/17493. Acesso em: 8 dez. 2022.