Teatro e Prisão: experiências que se transformam em linguagem

Autores

  • Flávia Janiaski Vale Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) https://orcid.org/0000-0003-0325-739X
  • Marcia Gomes Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
  • Alan Aguiar Universidade Federal da Grande Dourado (UFGD)

DOI:

https://doi.org/10.5965/14145731033920200122

Palavras-chave:

Teatro, Prisão, Pedagogia das artes cênicas, Teatro do Oprimido

Resumo

O presente artigo, construído a seis mãos, nasceu da necessidade de transformar uma experiência em linguagem. Desta forma, ele versa sobre a oficina de teatro realizada entre agosto e dezembro de 2019 na Unidade Educacional de Internação para menores infratores – UNEI Laranja Doce na cidade de Dourados/MS, com dez adolescentes entre 13 e 17 anos. A escrita partiu do anseio de pensar e contar a experiência cênica-pedagógica vivenciada durante a oficina, apresentando aspectos relacionados a sua criação, estrutura e desenvolvido.    

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Janiaski Vale, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Doutora em Artes Cênicas pela UFBA, com bolsa de doutorado sanduiche pela CAPES na University of Massachusetts/Boston no programa de Early Childhood Education. Mestre em Teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC e Graduada em Educação Artística com habilitação em Artes Cênicas pela mesma universidade. Professora Adjunta da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) no Curso de Licenciatura e Bacharelado em Artes Cênicas.

Marcia Gomes, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Licenciada em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Grande Dourados - FGD. Atriz e pesquisadora, foi bolsista do PIBID/Teatro durante três anos, onde teve a oportunidade de trabalhar na educação básica e apresentar contação de histórias nas escolas parceiras.

Alan Aguiar, Universidade Federal da Grande Dourado (UFGD)

Licenciado em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD. Ator e pesquisados, membro da Cia Última Hora (Companhia teatral de Dourados - MS), onde atua no espetáculo "Uma Sombra na Escuridão" que teve sua estréia em 2019. Durante a graduação participou como bolsista do PIBID/Teatro por três anos.  

Downloads

Publicado

2020-12-23

Como Citar

JANIASKI VALE, F.; GOMES, M.; AGUIAR, A. Teatro e Prisão: experiências que se transformam em linguagem. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 39, p. 1-26, 2020. DOI: 10.5965/14145731033920200122. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/18348. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê temático: Artes da Cena atrás das grades