Noções do trabalho corporal na formação do(a) artista-docente: há espaço para as diversidades na pedagogia do Teatro?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101342019172

Resumo

O artigo visa a discutir questões relativas ao trabalho corporal na formação de artistas-docentes das artes cênicas, a partir das experiências dos autores como docentes das disciplinas de Expressão Corporal em um curso de Licenciatura em Teatro. A formação desse profissional é problematizada, destacando a importância das diversidades de ser, (re)existir e se expressar no mundo, tensionando o contexto atual do ensino de teatro com pressupostos observados na cena contemporânea. Autores como Fortin (2011), Lehmann (2011) e Le Breton (2009) fundamentam as discussões apresentadas. A responsabilidade sobre a formação do licenciado que atuará em diferentes contextos é destacada, indicando à importância da reflexão sobre o tema nos processos de ensino-aprendizagem na universidade.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcia Berselli, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS.

Professora na Universidade Federal de Santa Maria. Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Líder do Grupo de Pesquisa Teatro Flexível: práticas cênicas e acessibilidade (CNPq/UFSM).

Diego de Medeiros Pereira, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM.

Professor no Departamento de Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Doutor em Teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc, 2015).  Líder do Grupo de Estudos sobre Teatro e Infâncias (GETIs/CNPq) e do Laboratório de Criação (LACRI/CNPq). Ator, dançarino e encenador teatral.

Downloads

Publicado

2019-04-04

Como Citar

BERSELLI, Marcia; DE MEDEIROS PEREIRA, Diego. Noções do trabalho corporal na formação do(a) artista-docente: há espaço para as diversidades na pedagogia do Teatro?. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 34, p. 172–186, 2019. DOI: 10.5965/1414573101342019172. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101342019172. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Pedagogia das Artes Cênicas: desafios e resistência