CIÊNCIA ITINERANTE: relato de uma experiência de extensão em Colíder – MT

Autores

  • Graciela Silva Oliveira Universidade Federal do Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.5965/cidea.v10i1.7010

Resumo

Este trabalho tem como objetivo relatar algumas experiências de um projeto de divulgação científica, intitulado “Ciências em movimento: cultura científica em novos territórios” da Universidade Federal de Mato Grosso. O projeto piloto foi realizado em 2012, na cidade de Colíder – MT através de oficinas, ministradas por graduandos em Licenciatura em Ciências Biológicas e Física, sob orientação dos docentes de Prática de Ensino desses cursos, que concomitantemente, ofereceram minicursos para os professores da Educação Básica. Houve a participação de 33 graduandos, 3 docentes do Ensino Superior, 220 estudantes do Ensino Fundamental, e 18 professores do ensino básico. As experiências do projeto piloto apontam para as principais potencialidades e limitações de um trabalho itinerante no estado de Mato Grosso, e a divulgação científica representou uma importante via para a formação de licenciados que vivenciaram e refletiram sobre experiências escolares na prática. Observou-se maior proximidade e interação entre a universidade e a escola, bem como da comunidade escolar com temas científicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Graciela Silva Oliveira, Universidade Federal do Mato Grosso

Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da USP; Doutora em Educação pela FEUSP.

Downloads

Publicado

2016-12-15

Como Citar

OLIVEIRA, Graciela Silva. CIÊNCIA ITINERANTE: relato de uma experiência de extensão em Colíder – MT. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, v. 10, n. 1, p. 58–68, 2016. DOI: 10.5965/cidea.v10i1.7010. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/7010. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

Relatos de Experiências