EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA COMO PRÁTICA DO CUIDAR DA MULHER TRABALHADORA.

Autores

  • VANESSA CORREA MORAES UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5965/cidea.v8i1.4535

Resumo

Este é um relato de experiência das atividades propostas pelo projeto de extensão, em que tem como alvo mulheres trabalhadoras de uma agroindústria objetivando a promoção a saúde destas e conseqüentemente a qualidade de vida. O método proposto foi oficinas educativas com recursos lúdicos tendo como principal estratégia a interação e a comunicação nas diferentes formas. Serão aqui relatadas as oficinas já realizadas (a magia de ser mulher; o corpo da mulher; ser mãe sem deixar de ser mulher), pois considera-se estas de grande valia para os sujeitos (mulheres), assim como para as instituições envolvidas a qual aqui destaca-se a Universidade do Estado de Santa Catarina – Departamento de Enfermagem, pois nestas ações alem de estar proporcionando o retorno social por esta ser uma instituição publica, também envolve os discentes como sujeitos fundamentais para realização do cuidado educativo, fomentando seu conhecimento, pratica, criatividade e especialmente a interação como instrumento primordial no cuidar do enfermeiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-09-30

Como Citar

MORAES, VANESSA CORREA. EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA COMO PRÁTICA DO CUIDAR DA MULHER TRABALHADORA. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, v. 8, n. 1, p. 197–209, 2014. DOI: 10.5965/cidea.v8i1.4535. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/4535. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Relatos de Experiências