TEORIA DE GRAFOS E APLICAÇÕES COTIDIANAS NO ENSINO FUNDAMENTAL

Autores

  • Ezequiel Gibbon Gautério FURG
  • Marilia Nunes Dall'Asta FURG
  • Elaine Correa Pereira FURG

Resumo

Através da realização de pesquisas desenvolvidas por alguns membros do grupo de Iniciação Científica na disciplina de Grafos e Redes composto por estudantes dos Cursos de Licenciatura em Matemática, Matemática Aplicada, bem como, pós-graduandos do Mestrado em Modelagem Computacional da FURG, pretende-se mostrar que, embora os conteúdos sobre grafos sejam desenvolvidos somente no Ensino Superior, podem também serem explorados e aplicados, inicialmente, na matemática dos anos finais do Ensino Fundamental e, posteriormente, no Ensino Médio. Desta forma, este artigo pretende apresentar algumas atividades sobre aplicações de grafos voltadas para os níveis de ensino anteriormente citados para que sirvam como outras opções metodológicas de aplicação dos conceitos matemáticos. Algumas das atividades já foram desenvolvidas com alunos da 8ª série (9º ano) em uma escola pública riograndina e buscou-se valorizar e enriquecer a resolução de problemas cotidianos e os conceitos da teoria de conjuntos, destacando o potencial de enriquecimento para o ensino de matemática. Outras aplicações serão abordadas de forma interdisciplinar e que, ao mesmo tempo, desafiem os alunos a encontrarem a solução dos problemas propostos. Constatamos que o estudo sobre grafos está assumindo aspectos interdisciplinares e colaborativos, onde se obtém contribuição dos participantes do grupo de pesquisa através de indicações de atividades diferenciadas, as quais enriquecem significativamente a exposição deste trabalho. Espera-se proporcionar alternativa de mudanças na prática docente incentivando-os a utilização de novas metodologias de ensino.

Downloads

Publicado

2011-12-27

Como Citar

GAUTÉRIO, E. G.; DALL’ASTA, M. N.; PEREIRA, E. C. TEORIA DE GRAFOS E APLICAÇÕES COTIDIANAS NO ENSINO FUNDAMENTAL. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, [S. l.], v. 5, n. 1, 2011. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/2236. Acesso em: 7 mar. 2021.