EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE: A IMPORTÂNCIA DE TRABALHAR A TEMÁTICA NAS ESCOLAS

Autores

  • Claudia Terezinha Gagliotto Galvan Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste

DOI:

https://doi.org/10.5965/cidea.v5i1.2203

Resumo

A educação tem fundamental importância na promoção do desenvolvimento sustentável e na capacidade da população em abordar questões ambientais e de desenvolvimento. Procurando fortalecer a mudança de hábitos e criar novas atitudes perante as graves crises ambientais vivenciadas atualmente, o Projeto de Extensão Universitária Qualidade de vida: Alimentação Saudável e Meio Ambiente, desenvolvido nos anos de 2009 e 2010, trabalhou atividades de consumo consciente e educação ambiental com alunos de escolas públicas nos municípios de Marmeleiro, Enéas Marques e Francisco Beltrão- PR. Participaram das palestras sobre alimentação saudável e consumo consciente de recursos naturais e oficinas de reutilização/reciclagem de embalagens de alimentos aproximadamente 1250 crianças da escolas públicas do ensino fundamental Como todo processo de educação não apresenta resultados imediatos, espera-se que, com este projeto as crianças compreendam a necessidade da reduçaõ da quantidade de lixo e preservação ambiental e disseminem os conhecimentos aprendidos em sala de aula pra a família e toda a sociedade, e dessa forma contribuir para a qualidade de vida da população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudia Terezinha Gagliotto Galvan, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste

Departamento de Economia Doméstica - Centro de Ciências Sociais Aplicadas. Áreas de pesquisa e docência: alimentos, nutrição, educação ambiental, saúde pública.

Downloads

Publicado

2011-12-27

Como Citar

GAGLIOTTO GALVAN, Claudia Terezinha. EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE: A IMPORTÂNCIA DE TRABALHAR A TEMÁTICA NAS ESCOLAS. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, v. 5, n. 1, 2011. DOI: 10.5965/cidea.v5i1.2203. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/2203. Acesso em: 17 abr. 2024.