“O PREÇO DO PRECONCEITO NOS ‘COUROS’”: (DES)CONSTRUÇÕES ACERCA DA EDUCAÇÃO SEXUAL NA ESCOLA

Autores

  • Elaine de Jesus Souza Professora Adjunta do Instituto de Formação de Educadores (IFE) na Universidade Federal do Cariri (UFCA) http://orcid.org/0000-0003-3931-0025
  • Elânia Francisca da Silva Graduanda em Biologia no Instituto de Formação de Educadores (IFE) da Universidade Federal do Cariri (UFCA)
  • José Felipe Alves Sousa Instituto de Formação de Educadores (IFE) da Universidade Federal do Cariri (UFCA)
  • Eugerbia Paula da Rocha Instituto de Formação de Educadores (IFE) da Universidade Federal do Cariri (UFCA)

DOI:

https://doi.org/10.5965/25946412411

Palavras-chave:

Educação Sexual, Sexualidade, Gênero, Artefatos culturais.

Resumo

A Educação Sexual constitui um processo contínuo e planejado que abrange distintas abordagens e metodologias acerca de sexualidade, corpo e gênero. Este trabalho engloba relatos de um projeto de extensão desenvolvido com cerca de 206 estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio em três escolas da rede pública (uma municipal e duas estaduais) do Ceará, que teve como principal objetivo incorporar a Educação Sexual numa perspectiva sociocultural, nos currículos escolares e acadêmicos, por meio de ações pedagógicas que ultrapassam as abordagens biológico-higienistas. As estratégias didático-metodológicas utilizadas nos 15 encontros foram grupos focais organizados em minicursos, oficinas de zines, problematização de artefatos culturais, jogos e rodas de conversas acerca das temáticas da Educação Sexual. Os/as estudantes tiveram a oportunidade de expor opiniões, dúvidas e sugerir temas para serem debatidos. Assim, evidenciamos a necessidade de discutir, de modo contínuo e sistemático, essas temáticas na escola, instigando os/as alunos/as a desconstruírem preconceitos e discriminações acerca das identidades e diferenças sexuais e de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaine de Jesus Souza, Professora Adjunta do Instituto de Formação de Educadores (IFE) na Universidade Federal do Cariri (UFCA)

Professora Adjunta do Instituto de Formação de Educadores (IFE) na Universidade Federal do Cariri (UFCA). Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestra em Psicologia Social pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Graduada em
Ciências Biológicas pela UFS. Monografia sobre Educação Sexual na escola. Experiência de 7 anos como professora de Educação Básica. Integrante do Grupo de Estudos de Sexualidade e Estudos Culturais)/GESEC/UFS/CNPq. Estuda temáticas relativas à sexualidade, gênero e com foco na diversidade sexual e homofobia, temas abordados na dissertação. Tese defendida sobre Educação Sexual no currículo de licenciatura em Biologia.

Elânia Francisca da Silva, Graduanda em Biologia no Instituto de Formação de Educadores (IFE) da Universidade Federal do Cariri (UFCA)

Graduada em Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Naturais e Matemática/IFE/UFCA; Graduanda do Curso de Licenciatura em Biologia da Universidade Federal do Cariri (UFCA), bolsista de pesquisa FUNCAP/PRPI/UFCA

José Felipe Alves Sousa, Instituto de Formação de Educadores (IFE) da Universidade Federal do Cariri (UFCA)

Graduando do Curso de Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Naturais e Matemática da Universidade Federal do Cariri (UFCA), bolsista de extensão PROEX/UFCA

Eugerbia Paula da Rocha, Instituto de Formação de Educadores (IFE) da Universidade Federal do Cariri (UFCA)

Graduada em Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Naturais e Matemática/IFE/UFCA; Graduanda do Curso de Licenciatura em Biologia da Universidade Federal do Cariri (UFCA), bolsista de pesquisa PRPI/UFCA

Referências

BENEVIDES, B. G.; NOGUEIRA, S. N. B. (Org.). Dossiê dos assassinatos e da violência contra travestis e transexuais brasileiras em 2019. São Paulo: Expressão Popular, ANTRA, IBTE, 2020.

BORRILLO, D. A homofobia. In: LIONÇO, T.; DINIZ, D. (Org.). Homofobia & educação: um desafio ao silêncio. Brasília: Letras Livres, 2009.

BUTLER, J. Corpos que pesam: sobre os limites discursivos do sexo. In: LOURO, G. L. (Org.). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. p.151-174.

CASTAÑEDA, M. Machismo Invisível. Tradução de Lara Christina de Malimpensa. São Paulo: A Girafa Editora. 2006.

CONNELL, R. W.; MESSERSCHMIDT, J. W. Masculinidade hegemônica: repensando o conceito. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 21, n. 1, p.241-282, jan. abr./2013.

DORNELLES, P.G. A (hetero)normalização dos corpos em práticas pedagógicas na Educação Física escolar. Tese (Doutorado). Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.

FELIPE, J. Erotização dos corpos infantis. In: LOURO, G. L.; FELIPE, J.; GOELLNER, S. V. (Org.). Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. 9. ed. Petrópolis: Vozes, 2013. p.54-66.

FREITAS, A. P et al. Intervenção com adolescentes por meio de grupos focais: uma estratégia de democratização escolar. Conexão UEPG, v. 12, n. 3, p. 546-557.

FOUCAULT, M. História da Sexualidade 1: a vontade do saber. 2. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2015.

______. Ética, Sexualidade e Política. Organização de Manoel Barros da Motta. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2017. (Coleção Ditos & Escritos V).

FURLANI, J. Educação Sexual — quando a articulação de múltiplos discursos possibilita sua inclusão curricular. Perspectiva, Florianópolis, v. 26, n. 1, p. 283-317, jan./jun. 2008.

______. Educação sexual na sala de aula: relações de gênero, orientação sexual e igualdade étnico-racial numa proposta de respeito às diferenças. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

GOELLNER, S. V. A produção cultural do corpo. In: LOURO, G. L.; FELIPE, J.; GOELLNER, S. V. (Org.). Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. 9. ed. Petrópolis: Vozes, 2013. p. 30-42.

GOMES, A. A. Apontamentos sobre a pesquisa em educação: usos e possibilidades do grupo focal. EccoS – Revista Científica, São Paulo, v. 7, n. 2, p. 275-290, jul./dez. 2005.

HARAWAY, D. Saberes localizados: a questão da ciência para o feminismo e o privilégio da perspectiva parcial. Cadernos Pagu, Campinas, v. 5, p. 7-41, 1995.

JUNQUEIRA, R. D. Políticas de educação para a diversidade sexual: escola como lugar de direitos. In: LIONÇO, T.; DINIZ, D. (Orgs.). Homofobia & Educação: Um desafio ao silêncio (pp.161-193). Brasília: LetrasLivres: EdUnB, 2009, p.161-193.

LEIS, H. R. A sociedade dos vivos. Sociologias, v. 5, n. 9, p. 340-353, jan./jun., 2003.

LOURO, G. L. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. Petrópolis: Vozes, 1997.

______. Corpo, escola e identidade. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 25(2):59-76, jul./dez. 2000.

______. Teoria queer: uma política pós-identitária para a educação. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 9, n. 2, p. 541-553, 2001.

______. Heteronormatividade e Homofobia. In: JUNQUEIRA, R. D. (Org.). Diversidade Sexual na Educação: Problematizações sobre a homofobia nas escolas. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, UNESCO. 2009, p.85-94.

______. Um corpo estranho: ensaios sobre sexualidade e teoria queer. 2 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2016.

MAGALHÃES, J. C; RIBEIRO, P. R. C. Artefatos culturais: algumas possibilidades para promoção de uma educação para sexualidade. Diversidade e Educação, v.1, n.1, p. 45-46, jan./jun., 2013.

MEYER, D. E. E. Teorias e políticas de gênero: fragmentos de histórias e desafios atuais. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 57, n. 1, p. 13 -18, jan./fev. 2004.

MOSÉ, V. A escola e os desafios contemporâneos. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2013.

NICHOLSON, L. Interpretando o gênero. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 8, n. 2, 2000.

PLATERO, R. La homofobia como elemento clave del acoso escolar homofóbico. Algunas voces desde Rivas Vaciamadrid. Información Psicológica, v.94, 71-83, 2008.

PRADO, M. A. M.; JUNQUEIRA, R. D. Homofobia, hierarquização e humilhação social. In: VENTURI, G.; BOKANY, V. (Orgs.) Diversidade sexual e homofobia no Brasil. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2011, p.51-71.

SCOTT, J. Os usos e abusos do gênero. Projeto História, São Paulo, n. 45, p. 327-351, dez. 2012.

SILVA, E. P. Q. Corpo e sexualidade: experiências em salas de aula de ciências. Periódicus, Salvador, v. 1, p. 138-152, 2014.

SILVA, T. T. Teoria Cultural e Educação: um vocabulário crítico. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

______. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

SOARES, R. Pedagogias Culturais produzindo identidades. In: BRASIL (TV Escola/Salto para o futuro). Educação para igualdade de gênero, Ano XVIII, Boletim 26, p. 47-53, nov. 2008.

SOUZA, E. J. Educação sexual “além do biológico”: problematização dos discursos acerca de sexualidade e gênero no currículo de licenciatura em biologia. Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.

SOUZA, E. J.; SILVA, J. P.; SANTOS, C. Diversidade sexual e homofobia na escola: (des)conhecimento e vivências de docentes. Educação em Questão, Natal, v. 54, n. 41, p. 111-138, maio/ago. 2016.

Downloads

Publicado

2021-01-14

Como Citar

SOUZA, E. de J.; SILVA, E. F. da; SOUSA, J. F. A.; ROCHA, E. P. da. “O PREÇO DO PRECONCEITO NOS ‘COUROS’”: (DES)CONSTRUÇÕES ACERCA DA EDUCAÇÃO SEXUAL NA ESCOLA. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, v. 4, n. 1, p. 1-21, 2021. DOI: 10.5965/25946412411. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/17039. Acesso em: 30 jan. 2023.