AGRICULTURA FAMILIAR E PRODUÇÃO AGROECOLÓGICA NA REGIÃO DE LAGES, SC: ASPECTOS DE FERTILIDADE DO SOLO

Autores

  • Álvaro Luiz Mafra UDESC/CAV

DOI:

https://doi.org/10.5965/cidea.v1i1.1686

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar as condições de fertilidade do solo em áreas de produção agroecológica. As amostras de solo foram coletadas e analisadas em 57 áreas representativas das condições de uso da terra onde se desenvolve a produção agroecológica, abrangendo 24 produtores, na comunidade de Santo Antônio dos Pinhos, São José do Cerrito, SC. Os agricultores foram orientados sobre adubação e manejo da produção. Os solos analisados são ácidos com necessidades de calcário relativamente pequenas e composição química variável. Na maior parte dos casos, os solos são muito deficientes em P, mas, adequadamente supridos em K, Ca e Mg. Os principais desafios em termos de adubação são aproveitamento dos restos de culturas, estercos de animais, e adubação verde visando a melhoria química e biológica do solo. As orientações em termos de adubação das culturas em sistemas agroecológicos de produção devem considerar tais condições, visando a produção sustentável. Os agricultores puderam obter conhecimentos técnicos sobre a importância da análise de solo e emprego correto da adubação, valorizando sua atividade. Para os acadêmicos, foi possível interação de conhecimentos e realidades, indispensáveis no seu futuro profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-01-18

Como Citar

MAFRA, Álvaro Luiz. AGRICULTURA FAMILIAR E PRODUÇÃO AGROECOLÓGICA NA REGIÃO DE LAGES, SC: ASPECTOS DE FERTILIDADE DO SOLO. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, v. 1, n. 1, 2021. DOI: 10.5965/cidea.v1i1.1686. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/1686. Acesso em: 16 jul. 2024.