AÇÕES PEDAGÓGICAS PARA INCLUSÃO DE ALUNO COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA NUMA ESCOLA DE MÚSICA DE SÃO PAULO: RELATO DE CASO

Autores

  • Viviane dos Santos Louro Universidade Federal de São Paulo / Escola Paulista de Medicina. Disciplina de Neurologia Experimental / Departamento de Neurologia e Neurocirurgia.

DOI:

https://doi.org/10.5965/198431781022014138

Resumo

O Transtorno do Espectro Autista (TEA), como é denominado pelo DSM V é um quadro diagnóstico que atinge 1 a cada 200 pessoas e que gera características atípicas em relação ao comportamento, linguagem e socialização. As iniciativas em prol da inclusão de pessoas com TEA no contexto educacional, vem crescendo sensivelmente e por esse motivo, o contexto musical não pode ficar à parte dessas discussões, visto que a música faz parte do leque de conhecimento de todas as culturas. Portanto, este artigo tem por objetivo apontar as ações pedagógicas utilizadas para inclusão de um adolescente com Transtorno do Espectro Autista (TEA) numa tradicional escola de música de São Paulo, entre os anos de 2006 a 2013. Para tanto, foi realizado um relato de caso, baseado nos relatórios, documentos, laudos e avaliações arquivadas no prontuário do aluno na respectiva escola. Os resultados apontam nove ações pedagógicas específicas para que o aluno pudesse permanecer na escola dentro do contexto pedagógico musical comum a todos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

21-03-2015

Como Citar

DOS SANTOS LOURO, Viviane. AÇÕES PEDAGÓGICAS PARA INCLUSÃO DE ALUNO COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA NUMA ESCOLA DE MÚSICA DE SÃO PAULO: RELATO DE CASO. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 10, n. 2, p. 138–157, 2015. DOI: 10.5965/198431781022014138. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/5155. Acesso em: 17 jun. 2024.