AS ARTES VISUAIS COMO MEDIAÇÃO NA SUPERAÇÃO DA HIPERATIVIDADE: UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Luzita Maria Erichsen Universidade Estadual De Ponta Grossa/PR
  • Ana Luiza Ruschel Nunes Universidade Estadual De Ponta Grossa/PR

Resumo

Este artigo teve como objetivo alertar pais e professores sobre a necessidade de saber identificar os alunos portadores do TDAH - Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, pois a hiperatividade está presente em grande número na população infanto-juvenil em fase escolar. Pretende-se revelar as dificuldades de aprendizagem do hiperativo e apontar maneiras de superação das mesmas por meio do fazer artístico. A abordagem foi qualitativa através de um estudo de caso com um aluno em específico. Utilizou-se na coleta de dados, a observação e entrevista semi-estruturada. Foi embasado nos autores, Barbosa (2003), Topczwski, (1999), Schwartzman, (2001) e Trivinos(1987) e foi utilizado adicionalmente como fundamentação teórica, bibliografia pertinente ao assunto que contemplou as necessidades de pesquisa. Palavras-chave: Artes Visuais, educação, mediador, Hiperatividade, déficit de atenção

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-04-22

Como Citar

ERICHSEN, L. M.; RUSCHEL NUNES, A. L. AS ARTES VISUAIS COMO MEDIAÇÃO NA SUPERAÇÃO DA HIPERATIVIDADE: UM ESTUDO DE CASO. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 4, n. 1, p. 68-95, 2013. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/3212. Acesso em: 2 out. 2022.