Teatro, Educação e Política: Freire e Boal contracenam no CEDECA Ceará

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/19843178182202257

Palavras-chave:

Ensino de teatro, educação popular, direitos humanos

Resumo

O que queremos dizer ao falar de uma perspectiva de ensino-aprendizagem em teatro, referenciada na educação popular, voltada para a discussão dos direitos humanos?  Neste trabalho, reflito sobre a experiência de criação de um grupo de teatro com adolescentes e jovens assistidos pelo CEDECA Ceará, em um bairro periférico de Fortaleza, no ano de 2019, além de discutir o lugar da arte na atuação educacional e política dessa instituição e apresentar as linhas gerais de uma concepção de ensino-aprendizagem em teatro, a partir de um diálogo entre os pensamentos de Paulo Freire e de Augusto Boal. Tendo atuado como assessor comunitário e como coordenador do Núcleo de Formação do CEDECA Ceará, este trabalho surge de uma reflexão crítica a partir da participação, observação, entrevistas e leitura de documentos e textos publicados pela instituição. Entendo que a perspectiva de ensino-aprendizagem em teatro, aqui apresentada, pode inspirar caminhos para uma práxis estética, educacional e política cujo fim seja o respeito e a valorização da autonomia, da dignidade e da identidade dos sujeitos participantes do processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Antônio Fontenele Leão, Federal University of Southern Bahia

Professor Assistente, na Universidade Federal do Sul da Bahia - Instituto de Humanidades, Artes e Ciências (IHAC) - Campus Paulo Freire. Coordenador da Licenciatura Interdisciplinar em Artes e suas Tecnologias (novembro de 2020 a novembro de 2022). Possui graduação em Curso Superior de Tecnologia em Artes Cênicas (IFCE - 2005), graduação em Licenciatura em Teatro (IFCE-2015), Especialização em Cultura Popular, Arte e Educação do Campo (UFCA - 2015) e mestrado em Mestrado Interdisciplinar em Humanidades (UNILAB - 2018). Doutorando (em andamento) no Doutorado em Educação - linhas de Movimentos Sociais, Educação Popular e Escola - na Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Teatro, atuando principalmente nos seguintes temas: teatro, cultura popular, educação, jogos teatrais, juventudes rurais e assessoria popular comunitária.

Referências

BOAL, A. A estética do oprimido. Rio de Janeiro: Garamond, 2009.

BOAL, A. Jogos para atores e não-atores. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004.

BOAL, A. Stop: c´est magique! Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1980.

BOAL, A. Teatro do oprimido e outras poéticas políticas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

BRANDÃO, CR. O que é método Paulo Freire. Coleção Primeiros Passos. São Paulo: Editora e Livraria Brasiliense, 2017. (livro eletrônico).

CEDECA. Histórias e lutas: sistematização da experiência da rede OPA - rede de orçamento e participação ativa. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2017a.

CEDECA. Manual para vítimas de violência institucional: o que fazer quando o Estado viola seus direitos? Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2017b.

CEDECA. Monitoramento da política de segurança pública do Ceará: de qual segurança pública precisamos? Nota técnica especial nº 07. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2019.

FCDH; CEDECA. Tele(visões): violência, criminalidade e insegurança nos programas policiais do Ceará. Fortaleza: Centro de Defesa da Criança e do Adolescente ‒ Cedeca-Ceará, 2011.

FREIRE, P. Conscientização: teoria e prática da libertação – uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Cortez & Moraes, 1980.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

FREIRE, P. Pedagogia dos sonhos possíveis. São Paulo: Paz e Terra, 2014.

FREIRE, P; SHOR, I. Medo e ousadia: o cotidiano do professor. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013. (livro eletrônico).

FREITAS, ALS. Conscientização (verbete). In STRECK, DR; REDIN, E; ZITKOSKI, JJ (Org.). Dicionário Paulo Freire. Belo Horizonte: Editora Autêntica, 2010. (livro eletrônico)

GHIRALDELLI JÚNIOR, P. As lições de Paulo Freire: filosofia, educação e política. Barueri-SP: Manole, 2012 (livro eletrônico).

GOHN, MG. Educação não formal no campo das artes. São Paulo: Cortez, 2015. (livro eletrônico).

OSOWSKI, CI. Sujeito/Objeto (verbete). In STRECK, DR; REDIN, E; ZITKOSKI, JJ (Org.). Dicionário Paulo Freire. Belo Horizonte: Editora Autêntica, 2010. (livro eletrônico).

SPOLIN, V. Jogos teatrais: o fichário de Viola Spolin. Perspectiva, 2006.

Downloads

Publicado

2022-12-30

Como Citar

LEÃO, F. A. F. . Teatro, Educação e Política: Freire e Boal contracenam no CEDECA Ceará. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 18, n. 2, p. 057-077, 2022. DOI: 10.5965/19843178182202257. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/22794. Acesso em: 5 fev. 2023.