Controle do vigor em pereira ‘Abate Fetel’ por meio da poda radicular

Autores

  • Douglas André Würz Instituto Federal de Santa Catarina, Canoinhas, SC, Brasil.
  • Mayra Gonçalves Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, SC, Brasil.
  • Rafael Daboit Profissional Autônomo, Lages, SC, Brasil.
  • Leo Rufato Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, SC, Brasil.
  • Aike Anneliese Kretzschmar Universidade do Estado de Santa Catarina, Lages, SC, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811711832019391

Palavras-chave:

Pyrus communis L., Controle do crescimento, produção de frutos

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes níveis de poda radicular sobre o crescimento vegetativo, produção e qualidade de frutos de pereira Abate Fetel. O experimento foi conduzido durante as safras 2007 e 2008. Os tratamentos consistiram em: poda radicular a 20 cm da planta, 35 cm e controle sem realização de poda radicular. A poda radicular apresentou controle do vigor e na manutenção de características vegetativas, no entanto, não influenciou os índices produtivos e físico-químicos dos frutos. Conclui-se que a poda radicular promove controle do vigor em pereira Abate Fetel.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Douglas André Würz, Instituto Federal de Santa Catarina, Canoinhas, SC, Brasil.

Engenheiro Agrônomo e Sommelier Internacional, com experiência na área de Viticultura, Enologia e Análise Sensorial de Vinhos. Especialista em Proteção de Plantas pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e especialista em Agronegócio (Unicesumar). Desempenhou Funções de Engenheiro Agrônomo, Gerente de Campo, Recepção de visitantes e degustações em Vinícola. Atuou também como professor de Viticultura, Fitossanidade e Administração e Economia Rural do Curso Técnico de Viticultura e Enologia, da Escola de Ensino Básico Manoel Cruz, em São Joaquim - Santa Catarina. Possui qualificação WSET Level 1 Award in Wines (QCF), pela The Wine School & Spirit Education Trust Limited e é Sommelier Internacional pela FISAR/UCS. Atualmente é Mestrando em Produção Vegetal da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, atuando na área de Viticultura e Enologia. Colunista sobre Vinhos no "Jornal A Tribuna" de São Joaquim - SC, no jornal "Diário de RioMafra" de Mafra - SC e no Jornal "Testo Notícias" de Pomerode - SC, no Jornal "Correio do Contestado" de Papanduva - SC, no Jornal "Perfil" de Rio Negrinho - SC e "Revista Expressiva" de Lages - SC.

Discente do Programa de Pós-graduação em Produção Vegetal da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Referências

ASÍN L et al. 2007. Effect of paclobutrazol, prohexadione-Ca, deficit irrigation, summer pruning and root pruning on shoot growth, yield, and return bloom, in a 'Blanquilla' pear orchard. Scientia Horticulturae 113: 142-148.

CARRA B et al. 2017a. Prohexadione calcium reduces vegetative growth and increases fruit set of ‘Smith’ pear trees, in Southern Brazil. Bragantia 76: 360-371.

CARRA B et al. 2017b. Control of the vegetative growth of ‘shinsenki’ pear trees by prohexadione calcium and root pruning. Pesquisa Agropecuária Brasileira 52: 177-185.

FACHINELLO JC & ROBINSON TL 2017. Root pruning and prohexadione-calcium affect shoot growth of mature vertical axis apple trees. Acta Horticulturae 1177: 215-218.

FAO. 2016. Food and Agriculture Organization of the United Nations. FAOSTAT. Disponível em: http://faostat.fao.org/site/567/DesktopDefault.aspx?PageID=567#ancor. Acesso em: 18 jan. 2018.

HAWERROTH FJ et al. 2012. Redução da poda hibernal e aumento da produção de pereiras 'Hosui' pelo uso de prohexadiona cálcio. Pesquisa Agropecuária Brasileira 47: 939-947.

JANSSENS P et al. 2011. Sensitivity of root pruned 'Conference' pear to water deficit in a temperate climate. Agricultural Water Management 99: 58-66.

MARSAL L et al. 2002. Regulated deficit irrigation and recti cation of irrigation scheduling in young pear trees: an evaluation based on vegetative and productive response. European Journal of Agronomy 17: 111-122.

PASA MS et al. 2011. Hábito de frutificação e produção de pereiras sobre diferentes porta-enxertos. Pesquisa Agropecuária Brasileira 46: 998-1005.

RADEMACHER W 2004. Chemical regulation of shoot growth in fruit trees. Acta Horticulturae 653: 29-32.

TAIZ L & ZEIGER E. 2004. Fisiologia Vegetal. 3.ed. Porto Alegre: Artmed. 710p.

VERCAMMEN J et al. 2005. Root pruning: a valuable alternative to reduce the growth of ‘Conference’. Acta Horticulturae 671: 533-537.

YEHIA T et al. 2014. Effect of root pruning on vegetative growth and leaf mineral content of le conte pear trees. World Journal of Agricultural Sciences 10: 253-260.

WANG Y et al. 2014. Effect of root pruning and irrigation regimes on pear tree: growth, yield and yield components. Horticultural Science 41: 34-43.

Downloads

Publicado

2019-07-30

Como Citar

WÜRZ, D. A.; GONÇALVES, M.; DABOIT, R.; RUFATO, L.; KRETZSCHMAR, A. A. Controle do vigor em pereira ‘Abate Fetel’ por meio da poda radicular. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 18, n. 3, p. 391-394, 2019. DOI: 10.5965/223811711832019391. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/14056. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Nota de Pesquisa - Ciência de Plantas e Produtos Derivados

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>