Polinização e frutificação da pereira ‘Rocha’ em Vacaria, RS, Brasil

Autores

  • Alberto Ramos Luz Federal Institute of Rio Grande do Sul image/svg+xml
  • Geraldine de Andrade Meyer Proterra Engenharia Agronômica Ltda.
  • Deivid Silva de Souza Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Leo Rufato Universidade do Estado de Santa Catarina image/svg+xml
  • Aike Anneliese Kretzchmar Universidade do Estado de Santa Catarina image/svg+xml

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811711642017357

Palavras-chave:

Pyrus communis L., reguladores de crescimento, citocinina, giberelina, frutificação efetiva.

Resumo

Representando apenas 10% do consumo, a produção brasileira de peras está estagnada a mais de 20 anos em torno de 20 mil toneladas anuais, decorrentes da baixa área cultivada em função das baixas produtividades e consequente baixa rentabilidade. Uma das principais causas de baixa produtividade de pomares de pereiras é a baixa frutificação efetiva, isto deve-se a problemas no processo de polinização e fecundação das flores. O objetivo deste trabalho foi avaliar o processo de frutificação natural da pereira ‘Rocha’, identificando a taxa de polinização aberta, partenocárpica natural e autopolinização, bem como avaliar potenciais técnicas para aumento de frutificação da pereira ‘Rocha’, nas condições edafoclimáticas de Vacaria, RS. Foram utilizadas pereiras ‘Rocha’ enxertadas sobre o portaenxerto de marmeleiro ‘BA 29’ com cultivar polinizadora ‘Packham’s Triumph’ disposta em filas inteiras, na proporção de uma fila da polinizadora para cada três da cultivar ‘Rocha’. Avaliou-se a taxa de frutificação natural do pomar, de autofecundação e partenocarpia natural, o efeito da polinização controlada e polinização via água com pólen de ‘Packham’s Triumph’ e Pyrus calleryana, o efeito dos fitorreguladores GA3, GA4+7 + BA, TDZ, AVG, sobre a frutificação efetiva, produtividade e qualidade de frutos da pereira ‘Rocha’. Verificou-se que as taxas de autopolinização e partenocarpia natural da pereira ‘Rocha’, bem como o arranjo implantado não proporcionam produções comercialmente rentáveis. As condições climáticas durante a floração, embora não favoráveis, permitem a fecundação e frutificação da pereira ‘Rocha’ nas condições de estudo. A pulverização de 20 mg L-1 de TDZ aumenta frutificação efetiva e a produtividade da pereira ‘Rocha’.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alberto Ramos Luz, Federal Institute of Rio Grande do Sul

Tencólogo em fruticultura pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (2010), Mestre e Doutor em Produção Vegetal pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2012 e 2016), atualmente é professor substituto de Fruticultura no IFRS campus Bento Gonçalves.

Geraldine de Andrade Meyer, Proterra Engenharia Agronômica Ltda.

Graduada em Agronomia pelo Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Santa Catarina em 1999. Possui Mestrado em Fitossanidade com ênfase em Controle Biológico de pragas pela Universidade Federal de Pelotas em 2003. É Técnica habilitada em Auditoria e Responsabilidade Técnica em PIMo desde 2009. Em 2008 iniciou como pesquisadora associada do Centro de Pesquisas Proterra, desenvolvendo de trabalhos em Entomologia, Fitopatologia e Fitotecnia, em trabalhos a campo e in vitro. Atuou como professora Bolsista Pronatec/FIC desde 2012. Em 2014 terminou Doutorado em Produção Vegetal no Centro de Ciências Agroveterinárias na Universidade do Estado de Santa Catarina/ UDESC, com período Sanduíche na Universidad de Talca, Chile. Em 2015 terminou seu Pós-Doutorado Júnior, CNPq junto a UDESC.

Deivid Silva de Souza, Universidade do Estado de Santa Catarina

Eng. Agr., Mestre em Produção Vegetal pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Lages

Leo Rufato, Universidade do Estado de Santa Catarina

Leo Rufato possui graduação em Agronomia pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (1996), mestrado em Fruticultura de Clima Temperado pela Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (1999), doutorado em Fruticultura de Clima Temperado pela Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (2004), com estágio doutorado sanduiche - Universita di Bologna (2002), Pós doutorado por Cornell University (2014), Atualmente é professor da Universidade do Estado de Santa Catarina no curso de Agronomia e Pós Graduação em Produção Vegetal da mesma Universidade.

Aike Anneliese Kretzchmar, Universidade do Estado de Santa Catarina

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1987), mestrado em Fruticultura de Clima Temperado pela Universidade Federal de Pelotas (1991) e doutorado em Fitotecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2004). Atualmente é professora efetiva da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

2018-01-24

Como Citar

LUZ, Alberto Ramos; MEYER, Geraldine de Andrade; SOUZA, Deivid Silva de; RUFATO, Leo; KRETZCHMAR, Aike Anneliese. Polinização e frutificação da pereira ‘Rocha’ em Vacaria, RS, Brasil. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 16, n. 4, p. 357–366, 2018. DOI: 10.5965/223811711642017357. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/9281. Acesso em: 18 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigo Completo - Ciência de Plantas e Produtos Derivados

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>