INFLUÊNCIA DA ATIVIDADE FÍSICA NA FLEXIBILIDADE DE IDOSOS

Eloá Ferreira Yamada, Thaís Telles Risso, Verônica Lourenço Wittmer, Marise Wypyszynski da Costa Ligório

Resumo


Introdução: A prática regular de programas de exercícios físicos, voltados para o desenvolvimento da força muscular e flexibilidade, tem sido recomendada como meio de atenuar ou reverter os efeitos negativos relacionados ao envelhecimento. A flexibilidade é um componente essencial para manutenção das funções corporais básicas. Entretanto, apesar dessa importância, os métodos utilizados para avaliação da flexibilidade são escassos e com aplicabilidade limitada. Objetivo: Avaliar a influência de um programa de atividades físicas na flexibilidade de 17 idosos participantes do Projeto de Extensão da Unidade Básica de Saúde de Vila Nova, localizada no município de Vila Velha (ES). Métodos: Em março de 2009 avaliou-se a flexibilidade dos pacientes através dos testes: distância mão-chão, alcance lateral direito, alcance lateral esquerdo, Shober e Shober modificado. Após a avaliação inicial, os pacientes realizaram atividades físicas, 2 vezes por semana até julho de 2009, sendo reavaliados através dos mesmos testes iniciais. Para análise dos resultados usou-se o teste t-student pareado, considerando o nível de significância de 5%. Resultados: Observa-se melhora significante (p<0,05) nos testes de distância mão-chão (pré-tratamento: 15,3±5,9cm; pós-tratamento: 9,4±4,4cm), alcance lateral direito (pré-tratamento: 25,1±7,8cm; pós-tratamento: 20,4±6,4cm), alcance lateral esquerdo (pré-tratamento: 27,7±5,8cm; pós-tratamento: 22,4±5,4cm), sem melhora significante nos demais testes. Conclusões: O tratamento proposto melhorou a flexibilidade corporal dos idosos, o que é de suma importância para reduzir as limitações nas atividades de vida diária.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2013 Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.