Dossiê Temático II: As artes da cena dos e com os povos indígenas

Autores

Resumo

Neste Dossiê Temático, o Comitê Editorial teve como objetivo reunir trabalhos realizados entre e com os povos indígenas, que envolvem tanto artistas indígenas como também não indígenas, mas que, sobretudo, estivessem engajados nas lutas e nos processos de visibilidade das culturas e manifestações desses povos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Brígida de Miranda, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Doctor of Philosophy na área de teoria e prática teatral pela La Trobe University (2004). Master of Arts in Theatre Practice pela University of Exeter (1995).  Graduada em Licenciatura em Educação Artística pela Universidade de Brasília (1993). Professora Titular da Universidade do Estado de Santa Catarina, atuante no Departamento de Artes Cénicas nas áreas de Interpretação e Direção Teatral. Docente do Programa de Pós-graduação em Teatro (PPGT-UDESC).

Tereza Mara Franzoni, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Doutorado em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).  Mestre em Antropologia Social (UFSC). Graduação em Ciências Sociais (UFSC).Professora do Departamento de Artes Cênicas e do Programa de Pós Graduação em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina.  

Luciana Hartmann, Universidade de Brasília;ia (UnB)

Pós-doutoramento na Université Paris X ? Ouest Nanterre La Défense (2014-2015) e no CRIA (Centro em Rede de Investigação em Antropologia) - Universidade de Lisboa (2019-2020), realizando experiências de pesquisas colaborativas com crianças imigrantes. Doutorado em Antropologia Social (2004) pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com período de doutorado sanduíche na área de Antropologia Visual na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS) - Paris (2002-2003). Mestrado em Antropologia Social (2000). Graduação em Artes Cênicas - Bacharelado em Interpretação Teatral, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS - 1996). Professora associada IV do Departamento de Artes Cênicas da UnB, atua no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGCEN) desta universidade e como colaboradora no PPG Performances Culturais, da UFG.

Deise Lucy Montardo, Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Visitante na (UFBA)

Doutorado em Ciência Social (Antropologia Social) pela Universidade de São Paulo (2002). Mestrado em História, com habilitação em Arqueologia, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1995). Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC - 1989) Professora visitante no PPGMUS da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e colaboradora no PPGAS da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Luiz Davi Vieira Gonçalves, Universidade do Estado do Amazonas (UEA)

Pós-doutorado e Doutor em Antropologia Social pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Mestre em História pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás PUC. Graduado em Artes Cênicas - Bacharelado e Licenciatura pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Professor Adjunto da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Professor titular do Programa de Pós Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas - PPGICH, Professor e Vice-Coordenador do Mestrado Profissional em Artes - Prof-Artes UFAM/UEA.

Graciela Chamorro, Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Pós-Doutorado em Romanística, na Universidade de Münster. Doutorado em Antropologia. 
Philipps-Universität Marburg, Philipps-Univers, Alemanha. Mestrado em História 
Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Graduação em Pedagogia. 
Faculdades Integradas de Fátima do Sul (FIF). Professora de História Indígena na Universidade Federal da Grande Dourados.

Naine Terena de Jesus, Pesquisadora do Projeto DECAY com financiamento do Riksbanken Jubileumfond, grant GI21-0001

Estágio pós-doutoral desenvolvendo pesquisa no Lêtece pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e no Programa de Pós-graduação em educação da Unemat Campus Cáceres. Doutora em educação pela PUC-SP. Mestrado em Artes pela Universidade de Brasília (UnB). Graduada em Radialismo pela (UFMT). Docente na especialização em Gestão Cultural Contemporânea do Instituto Itaú Cultural. Professora colaboradora do Programa de Pós-graduação em Ensino em contexto indígena da UNEMAT. Pesquisadora do Projeto DECAY com financiamento do Riksbanken Jubileumfond, grant GI21-0001.

Referências

GONÇALVES, Luiz Davi Vieira; BARRETO, João Paulo Lima; PALANDI, Viviane; BARRETO, Ivan Menezes (Org.). Diálogos: Arte e Bahsesé - Ukuse: Bhase Merise. 1. ed. Manaus: Editora Mamoeiro, 2021.

GONÇALVES, Luiz Davi Vieira. Performance-Ritual ÜHPÜ: o indígena e o não indígena juntos na cena decolonial. MORINGA — Artes do Espetáculo, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 11-31, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/moringa/article/view/59956. Acesso em: 04/04/2022.

GONÇALVES, Luiz Davi Vieira. Oficina de florestas: Tupi or not Tupi, that is the question. Sala Preta, [S. l.], v. 20, n. 2, 185-196, 2020. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/salapreta/article/view/185074. Acesso em: 04/04/2022.

GONÇALVES, Luiz Davi Vieira. Eu sou um outro você: descolonizando o saber na prática da metodologia Kõkamõu. In: BRONDANI, Joice Aglaes; HADERCHPEK, Robson Carlos; ALMEIDA, Saulo (Org.). Práticas decoloniais nas artes da cena. São Paulo: Giostri, 2020.

Downloads

Publicado

2022-04-06

Como Citar

MIRANDA, M. B. de .; FRANZONI, T. M. .; HARTMANN, L.; MONTARDO, D. L. .; GONÇALVES, L. D. V. .; CHAMORRO, G.; JESUS, N. T. de . Dossiê Temático II: As artes da cena dos e com os povos indígenas. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 43, p. 1-7, 2022. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/21953. Acesso em: 8 ago. 2022.