O contemporâneo: uma leitura através do grafite e da moda

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1982615x08152015338

Palavras-chave:

contemporaneidade, grafite, moda

Resumo

O objetivo deste trabalho é verificar como a arte e a moda representam o cotidiano na contemporaneidade, em especial no que se refere à crítica ao sistema vigente, à representação do instante formador do cotidiano e da apropriação da arte pelo consumo. Artes de Muro, também conhecidas como Grafites, foram escolhidas como fenômeno de observação por ser pública e de fácil acesso àqueles que interagem com o espaço urbano. Embora a Arte de Muro seja uma arte fixa, sua plástica é transportada para suportes móveis através da Moda. O Grafite é uma crítica aos moldes impostos pelo sistema, porém acaba por ser aglutinado e transformado em bens de consumo de alto valor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natália Alves de Toledo, Universidade de São Paulo

Artes.Moda.Consumo.Simulacros.Narrativa

Maria Silvia Barros de Held, Universidade de São Paulo

Artes/Moda

Referências

BABEL DAS ARTES . Disponível em:<http://babeldasartes.wordpress.com/category/arte/page/2/> .Acesso em:23/12/2013 as 21h34min.

BASQUIAT . Disponível em:<http://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2013/06/25/obra-de-basquiat-bate-recorde-e-e-leiloada-por-r29-milhoes.htm#fotoNav=23> .Acesso em:24/12/2013 as 00h08 min.

BAUDRILLARD, Jean. Simulacros e Simulação. Trad. Maria João da Costa Pereira. Lisboa: Relógio D’Agua Editora. 1991.

BAUDRILLARD. J. La Société de Consomattion. Paris:Gallimard.1970.

BAUMAN. Zygmunt. Vida para consumo: atransformação das pessoas em mercadoria. Trad. MEDEIROS. Carlos Alberto. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2008.

DELEUZE, Gilles. Platão e o Simulacro in Lógica do Sentido. Trad. Luiz Roberto Salinas. São Paulo: Perspectiva. 1974.

FASHIONDELUXE . Disponível em: < http://fashiondeluxe.wordpress.com/2009/02/26/lv-grafitti/> .Acesso em:23/12/2013 às 20h55min.

FFW . Disponível em: < http://ffw.com.br/noticias/cultura-pop/estampas/> .Acesso em:23/12/2013 as 20h48min.

FOCHI, Marcos Alexandre Bazeia. Comunicação nas Grifes do Hip Hop: intuição X estratégia. Revista FACOOM número 18, Faculdade Armando Alvares Penteado, FAAP. 2º semestre de 2007, p. 68.

GALERIA DO ROCK, disponível http://galeriadorock.com.br/blog/> .Acesso em:23/12/2013 às 19h15min.

GRIFES DE RUA, A PERIFERIA FASHION . Disponível em:<http://www2.uol.com.br/aprendiz/guiadeempregos/primeiro/noticias/ge050705.htm#3> .Acesso em:23/12/2013 as 17h40min.

JAMESON. Frederic. Postmodernism: or the Cultural Logic of Late Capitalism in New Left Review, 146, 1984.

LEFEBVRE, Henri. A vida cotidiana no mundo moderno. São Paulo: Ática. pg. 56-62.

LIPOVETSKY, Gilles. In Os tempos Hipermodernos. Gilles Lipovetsky com Sébastien Charles. Trad. Mário Vilela. São Paulo: Editora Barcarolla, 2004. p. 24-26.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia Científica, 5ª ed., São Paulo, Editora Atlas, 2007.

OUTUBRO GRAFITADO . Disponível em: < http://www.namoral.com.br/blog/?p=1030> .Acesso em:23/12/2013 as 21h03 min.

PAPELPOP . Disponível em: < http://papelpop.com/2010/03/que-tal-um-tenis-supercolorido-da-louis-vuitton/> .Acesso em:23/12/2013 as 21h14min.

THE LITTTLE LIGHT, disponível em http://thelittlelighthousekeeper.blogspot.com.br/2010/10/she-aint-got-no-money-in-bank-sy_24.html> .Acesso em:23/12/2013 as 22h29min.

Downloads

Publicado

2015-01-01

Como Citar

TOLEDO, Natália Alves de; HELD, Maria Silvia Barros de; PEREIRA, Dilara Rúbia. O contemporâneo: uma leitura através do grafite e da moda. Modapalavra e-periódico, Florianópolis, v. 8, n. 15, p. 338–361, 2015. DOI: 10.5965/1982615x08152015338. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/modapalavra/article/view/5415. Acesso em: 24 jul. 2024.