ARTE, EXPERIÊNCIA E MODOS DE ENGAJAMENTO

Autores

  • Daniela Abreu Matos UFMG

Resumo

O objetivo desse artigo é questionar uma associação imediata entre arte e transformação social, reconhecendo a potência transformadora nos modos de engajamento de sujeitos – neste caso, jovens moradores de comunidades periféricas – resultantes de propostas artísticas que apresentam na sua dinâmica interna o valor de uma experiência. Para isso, propomos pensar a condição transformadora do fazer artístico a partir da noção de experiência, na acepção proposta por John Dewey (1980), filósofo vinculado ao pragmatismo norte-americano, a partir da análise dos relatos de jovens integrantes da ONG CRIA – Centro de Referência Integral de Adolescentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Abreu Matos, UFMG

Aluna do Curso de Doutorado do Programa de Pós Graduação em Comunicação da UFMG/ Bolsista FAPEMIG.

Downloads

Publicado

2012-03-14

Como Citar

MATOS, D. A. ARTE, EXPERIÊNCIA E MODOS DE ENGAJAMENTO. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 4, n. 1, p. 31-48, 2012. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/2428. Acesso em: 2 out. 2022.