Influências familiares e sociais no ensino do violino aos adolescentes das camadas populares de Erechim/RS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/19843178182022e0028

Palavras-chave:

Família, Sociedade, Educação musical.

Resumo

O presente artigo tem como tema a educação musical. Cujo objetivo é compreender como a família e a sociedade influenciam na escolha e no processo de aprendizagem do violino aos adolescentes das camadas populares de Erechim/RS. Fruto de uma pesquisa qualitativa, bibliográfica e exploratória, associada à pesquisa de campo, o estudo visa a identificação de interações sociais e suas influências no estudo do violino. O percurso metodológico conta com a pesquisa bibliográfica relacionada à educação musical e à educação popular, bem como entrevistas semiestruturadas, focadas na busca por subsídios necessários à resposta da problemática do artigo para identificar se as famílias e a sociedade são capazes de influenciar na escolha e no estudo do violino. Os sujeitos da pesquisa são estudantes de violino pertencentes às camadas populares e que compreendem a faixa etária entre 12 a 14 anos de idade, juntamente com seus pais e com o maestro do referido projeto.  Os dados coletados nesta pesquisa foram analisados sistematicamente em categorias pré-definidas. Através desta pesquisa, concluímos que a família e a sociedade influenciam beneficamente no estudo musical dos adolescentes entrevistados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Carlos Ody, Universidade Federal da Fronteira Sul

Possui graduação em Filosofia (LP) pela Universidade de Passo Fundo, mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina e doutorado em Educação pela Universidade de Passo Fundo. Professor da Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Erechim no curso Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências da Natureza - Licenciatura e no Mestrado Profissional em Educação.

Juliana Machado, Rede municipal de ensino de Erechim

Mestra em educação pela Universidade Federal da Fronteira Sul e professora da rede municipal de ensino de Erechim.

Referências

ALVARES, Thelma Sydenstricker; AMARANTE, Paulo (Org.). Educação Musical na Diversidade: construindo um olhar de reconhecimento humano e equidade social em Educação. Curitiba: CRV, 2016.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

FONTERRADA, Marisa Trench de Oliveira. De tramas e fios: um ensaio sobre música e educação. São Paulo: Ed. da UNESP, 2008.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2016.

GADOTTI, Moacir. Educação integral no Brasil: inovações em processo. São Paulo: Instituto Paulo Freire, 2009.

GASKELL, George. Entrevistas individuais e grupais. In: BAUER, Martin; GASKELL, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 2. ed. Petrópolis. Vozes, 2002.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

ILARI, Beatriz. Música na infância e na adolescência: um livro para pais, professores e aficionados. Curitiba: Ibpex, 2009.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, RJ: Vozes, 2004.

SANTOS FILHO, José dos; GAMBOA, Sílvio (Org.). Pesquisa educacional: qualidade – quantidade. São Paulo: Cortez, 2001.

SANTOS, Regina Marcia Simão (Org.). Música, cultura e educação: os múltiplos espaços de educação musical. Porto Alegre: Sulina, 2012.

WOJCIEKOWSKI, Gleison Juliano. Frederico Schubert e Orquestra de Concertos de Erechim: música de concerto em Erechim entre 1950 e 1968. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC, Florianópolis, 2017.

YING, Liu Man. Diretrizes para o ensino coletivo de violino. São Paulo: Ed. da USP, 2012.

ZAGO, Nadir; CARVALHO, Marília Pinto de; VILELA, Rita Amélia Teixeira (Orgs.). Itinerários de pesquisa: perspectivas qualitativas em sociologia da educação. Rio de Janeiro: Lamparina, 2011.

Downloads

Publicado

2022-06-07

Como Citar

ODY, L. C.; MACHADO, J. Influências familiares e sociais no ensino do violino aos adolescentes das camadas populares de Erechim/RS. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 18, p. e0028, 2022. DOI: 10.5965/19843178182022e0028. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/18014. Acesso em: 5 jul. 2022.