Arte e conhecimento: uma abordagem para o teatro na educação

Autores

Palavras-chave:

Arte, Teatro, Conhecimento, Cognição, Imaginação

Resumo

Por que arte na educação? As respostas podem ser muitas, advindas de diversos campos de saber, para além, inclusive, do próprio campo da arte. Este ensaio busca abordar a experiência artística como ação cognitiva, de modo a fomentar as discussões que sustentem a presença e permanência das artes, em especial o teatro, na educação. Para tal, propõe uma discussão a parir de pressupostos teóricos – acerca da base metafórica da Cognição Imaginativa (Arthur Efland); da experiência artística como ação globalizadora de conhecimentos (Fernando Hernández); da imaginação como produto e processo de uma materialização estética constituída pela organização singular dos recursos simbólicos socialmente construídos (Vygotsky). Busca destacar a experiência cênica como espaço de conhecimento e produção de sentido, bem como possibilidade de ação, em ampliadas dimensões (Augusto Boal).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Libéria Rodrigues Neves, Universidade Federal de Minas Gerais

Professora da Faculdade de Educação. Departamento de Ciências Aplicadas à Educação. Setor de Psicologia, Psicanálise e Educação Inclusiva.

Referências

ÁLVAREZ, Amelia.; DEL RIO, Pablo. Escritos sobre arte y educación creativa de Lev. S. Vygotski. Madrid: Fundación Infancia y aprendizaje, 2007.

BOAL, Augusto. O Arco-íris do Desejo: método Boal de Teatro e Terapia. 2ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

BROOK, Peter. A porta aberta. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

CTO Rio – Centro de Teatro do Oprimido Rio de Janeiro. Disponível em: <http://ctorio.org.brhttp://ctorio.org.br> Acesso em: 21 non. 2017.

DESGRANGES, Flávio. Pedagogia do teatro: provocações e dialogismos. São Paulo: Hucitec, 2006.

DEWEY, John. Arte como Experiência. Trad. Vera Ribeiro. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

DIDEROT, Denis. Paradoxo sobre o comediante. Coleção Grandes Obras do Pensamento Universal. São Paulo: Editora Escala, 2006.

EFLAND, Arthur D. Arte y cognición: la integración de las artes en el currículum. Barcelona: Octaedro EUB (Ediciones Universitarias de Barcelona), 2004.

EFLAND, Arthur. D. Imaginação na cognição: o propósito da arte. In: BARBOSA, Ana Mae (Org.) Arte/Educação contemporânea: consonâncias internacionais. São Paulo: Cortez, 2005. p.318-345.

GROTOWSKI, Jerzy. Em busca de um teatro po­bre. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1992.

HERNÁNDEZ, Fernando; VENTURA, Monserrat. A organização do currículo por projetos de trabalho: o conhecimento é um caleidoscópio. 5ª ed. Porto Alegre: ARTMED, 1998.

HERNÁNDEZ, Fernando. Transgressão e Mudança na Educação: os projetos de trabalho. Trad. Jussara Haubert Rodrigues. Porto Alegre: ArtMed, 1998.

LAKOFF, George; JOHNSON, Mark. Metáforas de la vida cotidiana. 7ª ed. Madrid: Ediciones Cátedra, 2007.

MITHEN, Steven. A pré-história da mente: uma busca das origens da arte, da religião e da ciência. São Paulo: Editora UNESSP, 2002.

NEVES, Libéria Rodrigues. Contribuições da Arte ao Atendimento Educacional Especializado e à Inclusão Escolar. Rev. Bras. Educ. Espec., Marilia, v. 23, n. 4, p. 489-504, 2017.

NEVES, Libéria Rodrigues. Teatro-Conversação na Escola: o uso do Teatro na Conversação na mediação de conflitos na Educação. BH, MG, 2014. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, 2014.

PIMENTEL, Lúcia Gouvêa. A Cognição Imaginativa como projeto de formação do professor@/artista. In: XXVI CONFAEB - Congresso Nacional da Federação de Arte/Educadores do Brasil. Boa Vista, 2016, p. 11-21.

PIMENTEL, Lúcia Gouvêa. Cognição Imaginativa. Pós: Revista do Programa de Pós-Graduação em Artes da Escola de Belas Artes da UFMG, v. 3, n.6, p.96-104. 2013.

VYGOTSKY, Lev S. Psicologia da arte. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

VYGOTSKY, Lev S. Psicologia pedagógica. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

Downloads

Publicado

2019-04-01

Como Citar

NEVES, L. R. Arte e conhecimento: uma abordagem para o teatro na educação. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 15, n. 2, p. 78-98, 2019. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/13175. Acesso em: 30 nov. 2022.