v. 1, n. 07 (2010)

Cenários da Criação do Teatro de Formas Animadas

A edição Nº 7 da Revista Móin-Móin pretende refletir sobre o
que vêm sendo produzido no teatro de formas animadas no Brasil nos dez primeiros anos do século XXI. A idéia é pensar sobre processos de criação, ações formativas/eventos, e mudanças que vêm acontecendo em diferentes contextos brasileiros. Estudar este tema é fundamental porque é possível registrar, neste período de 2000 a 2009 no Brasil, um conjunto de atividades e iniciativas sobre o teatro de formas animadas que merecem reflexão tais como: a multiplicação de festivais e eventos que tem dado grande visibilidade a essa arte; o fortalecimento e a consolidação do trabalho de grupos de teatro revelando o aprofundamento e o domínio da linguagem do teatro de animação; a hibridação de espetáculos que, cada vez mais, rompem as fronteiras do teatro de bonecos; a “contaminação” do teatro de atores com elementos da linguagem do teatro de animação.
Ao mesmo tempo, o mercado, as leis de fomento à produção
e à circulação de espetáculos pelo Brasil, oferecem benefícios e impõem exigências, o que remete a pensar sobre em que medida isso interfere nos processos criativos dos artistas e dos grupos.

Sumário

Expediente

Corpo Editores
PDF
001-009

Editorial

Valmor Níni Beltrame, Gilmar Moretti
PDF
010-013

Artigos

Ipojucan Pereira
PDF
014-026
Sandra Vargas
PDF
027-043
Amábilis de Jesus
PDF
044-057
Fábio Henrique Nunes Medeiros
PDF
058-075
Osvaldo Anzolin
PDF
076-093
Caroline Holanda
PDF
094-109
Kely de Castro
PDF
110-124
Sandra Meyer
PDF
125-143
Luís Artur Nunes
PDF
144-158
Zilá Muniz
PDF
159-171
Carlos Augusto Nazareth
PDF
172-187
Adriana Schneider Alcure
PDF
188-207
Miguel Vellinho
PDF
208-222
Ana Paula Moretti Pavanello Machado, Gilmar Antônio Moretti
PDF
223-235