O Teatro de Objetos: história, idéias e reflexões

Autores

  • Sandra Vargas Grupo Sobrevento – São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034701072010027

Resumo

O presente artigo discute a arte do Teatro de Objetos como manifestação que vem ganhando visibilidade no cenário da criação teatral contemporânea e problematiza concepções e diferenças entre Teatro de Objetos e Teatro de Bonecos feito com objetos. Destaca as principais idéias de seus fundadores quando da sua criação em 1980 na França. Evidencia as diferentes visões sobre o modo de pensar e criar nessa arte, tendo como referência espetáculos que se apresentaram no Brasil nos últimos anos. O artigo também situa o percurso de alguns grupos brasileiros que vêm trabalhando nessa perspectiva.

Palavras chave: Teatro de Objetos; teatro de animação; teatro contemporâneo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Vargas, Grupo Sobrevento – São Paulo

Atriz formada pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO. Fundadora do Grupo Sobrevento, um dos mais importantes Grupos de Teatro do Brasil, reconhecido pelo trabalho com Teatro de Animação. É curadora do FITO – Festival Internacional de Teatro de Objetos. Atua como pedagoga do teatro e animadora cultural no Espaço Sobrevento em São Paulo. 

Downloads

Publicado

2018-04-07

Como Citar

VARGAS, S. O Teatro de Objetos: história, idéias e reflexões. Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas, Florianópolis, v. 1, n. 07, p. 027-043, 2018. DOI: 10.5965/2595034701072010027. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/moin/article/view/1059652595034701072010027. Acesso em: 5 out. 2022.