Mulheres no teatro de bonecos iraniano: entrevista com bonequeiras de três gerações

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034701242021257

Palavras-chave:

teatro de bonecos iraniano, mulheres no teatro de bonecos, grupo sobrevento

Resumo

Entrevistas com Marzieh Baroumamand, Zahra Sabri e Fahime Mirzahosein, três destacadas bonequeiras iranianas, de três gerações, que, reconhecidamente, definiram os rumos do Teatro de Animação daquele país, abordando o papel da mulher, contemporaneamente, em uma Arte tradicionalmente masculina, no contexto histórico, social e político daquele país.

Biografia do Autor

Fahime Mizahosein, Universidade de Teerã

Fahime Mizahosein é Bacharel em Teatro pela Universidade Elme O Farhang, de Teerã, tem Mestrado em Teatro pela Escola de Artes da Universidade de Teerã, onde conclui o seu Doutorado e onde leciona Teatro de Bonecos. Premiada diretora e marionetista, é fundadora do Apple Tree Group, companhia iraniana que se destaca por sua carreira internacional, tendo-se apresentado em quase 20 países, tais como Irlanda, Itália, Austrália, Argentina, Tunísia, Índia, Turquia, Bielorrússia, Tunísia, Polônia, Sérvia, entre outros. Dedica-se ao Teatro de Bonecos Popular e Contemporâneo e é pioneira do Teatro para Bebês no Irã.

Luiz André Cherubini, Grupo Sobrevento

Formado em Direção Teatral pela Universidade do Rio de Janeiro (Uni-Rio) e em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Luiz André Cherubini é um dos fundadores do Grupo Sobrevento, Companhia Teatral especializada em Teatro de Bonecos e de Animação, com doze anos de trabalho contínuo. 

Sandra Vargas

Sandra Vargas é Bacharel em Artes Cênicas pela Universidade do Rio de Janeiro (Uni-Rio), com habilitação em Interpretação Teatral. ministrou cursos de Teatro de Animação nas Universidades Blas Cañas e Finisterrae, de Santiago do Chile. Fundadora do Grupo Sobrevento, tem atuado continuamente com ele desde 1986 - como diretor, ator e marionetista -, tendo-se apresentado em cerca de 200 cidades de 20 países, em 4 continentes. Destaca-se nos campos do Teatro para a Primeira Infância e do Teatro de Objetos, tendo publicado artigos referenciais sobre o tema.

Downloads

Publicado

2021-08-17

Como Citar

MIZAHOSEIN, F.; CHERUBINI, L. A.; VARGAS, S. Mulheres no teatro de bonecos iraniano: entrevista com bonequeiras de três gerações. Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas, Florianópolis, v. 1, n. 24, p. 257 - 285, 2021. DOI: 10.5965/2595034701242021257. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/moin/article/view/19526. Acesso em: 21 out. 2021.