PACIENTE RENAL CRÔNICO SUBMETIDO AO TRATAMENTO HEMODIALÍTICO: OS OBSTÁCULOS ENFRETADOS NO COTIDIANO

Aluana Moraes

Resumo


A Insuficiência Renal é uma patologia, onde os rins não conseguem remover os resíduos metabólicos do corpo, deixando de realizar funções reguladoras. O tratamento da IR tem como objetivo corrigir a sintomatologia específica, e consiste como forma de tratamento a diálise e hemodiálise. O presente estudo foi desenvolvido com pacientes submetidos ao tratamento hemodialítico, tendo como objetivo: Analisar o cotidiano das pessoas que utilizam hemodiálise; Verificar alterações ocorridas no cotidiano deste paciente; Identificar sentimentos relacionados ao tratamento. Os dados foram coletados junto aos pacientes submetidos à hemodiálise por meio de entrevista com questões abertas. A amostra deste estudo foi composta por 10 pacientes submetidos à hemodiálise ambulatorial, maiores de 18 anos, cujo tempo de tratamento seja maior ou igual ao período de 1 ano. Os depoimentos foram coletados nos domicílios dos sujeitos do estudo, gravados e transcritos. A análise dos dados foi desenvolvida segundo Bardin(1) , tendo como unidades temáticas a restrição alimentar, o isolamento social, dependência, a resignação, depressão, medo e esperança. Pode-se observar que estes pacientes ficam restritos ao tratamento, distantes de qualquer atividade de lazer, vale ressaltar, a necessidade de incluir o paciente renal novamente na sociedade, contribuindo para uma melhora na qualidade de vida do mesmo.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, Brasil. ISSN 2594-6412 (eletrônico) Indexada REDIB http://www.redib.org/