CRIAÇÃO EFICIENTE DE BEZERRAS E NOVILHAS: FATOR ESSENCIAL À BOVINOCULTURA LEITEIRA

Rejane Herpich, Erika Cosendey Toledo de Mello Peixoto, Leandro Francisco Basile, Eduardo Eustáquio Mesquita, Jocélio dos Santos Araújo, Lenise Diana Neuhaus

Resumo


A sustentabilidade da atividade leiteira depende de adequado sistema de criação de bezerras e novilhas. Entretanto, por não proporcionar rentabilidade imediata ao produtor, esta fase de criação muitas vezes é negligenciada. A partir de visitas técnicas a pequenos produtores rurais da região de Marechal Cândido Rondon-PR, objetivou-se determinar os principais pontos críticos e metas a serem priorizadas, na criação de bezerras e novilhas e assim, favorecer o estabelecimento de um programa de desenvolvimento e sustentabilidade da atividade. Os trabalhos foram realizados em 100 propriedades familiares, onde o estabelecimento das necessidades quanto aos controles sanitários, nutricionais e manejo em geral foi efetuado a partir de questionário diagnóstico. Verificou-se como prioridade a implantação de escrituração zootécnica e identificação dos animais. Medidas sanitárias como desinfecção do umbigo e vacinação contra raiva animal, foram consideradas pontos críticos, uma vez que não são adequadamente utilizadas principalmente em propriedades onde a produção diária é inferior a 200 litros. Adequação nutricional específica ao desenvolvimento animal, bem como a implantação de banco de colostro, são medidas a serem implantadas. Conclui-se que o estabelecimento do programa de desenvolvimento rural é urgente e necessitará de envolvimento técnico e assessoramento continuado, no monitoramento dos pontos críticos aqui levantados.
Palavras-chaves: Leite;Manejo;Pequenas propriedades;Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, Brasil. ISSN 2594-6412 (eletrônico)