Qualidade de sementes e mudas de Cedrela fissilis Vell. em função da biometria de frutos e sementes em diferentes procedências

Mariane de Oliveira Pereira, Marcio Carlos Navroski, Pablo Melo Hoffmann, Jeniffer Grabias, Christopher Thomas Blum, Antonio Carlos Nogueira, Diego Pereira Rosa

Resumo


Cedrela fissilis é espécie nativa do Brasil com uso destacado no setor madeireiro e na recuperação de áreas degradadas, existindo a necessidade de melhor entendimento das diferenças e ganhos genéticos que pode haver em relação a diferentes procedências e progênies. O objetivo do estudo foi analisar a biometria de frutos e sementes de Cedrela fissilis em função de diferentes procedências e matrizes relacionando com o crescimento inicial de mudas, além de avaliar o melhor fotoperíodo na germinação. As sementes foram coletadas em matrizes de duas procedências (Fernandes Pinheiro e Lapa) para biometria e peso de mil sementes por matriz. Sementes das duas procedências foram submetidas a distintos fotoperíodos (12, 16 e 24 horas de luz branca e 24 horas no escuro), sendo avaliada a germinação e o Índice de Velocidade de Germinação (IVG). O crescimento inicial das mudas foi avaliado através da medição de características morfológicas a cada 30 dias após a repicagem das plântulas. Os experimentos foram realizados em delineamento inteiramente casualizado e os dados submetidos à análise de variância ao nível de 5%, sendo as médias comparadas pelo teste de Tukey e/ou regressão polinomial. Houve diferença biométrica de frutos e sementes entre as matrizes, não havendo relação com a procedência. Quanto a taxa de germinação e IVG entre as procedências, Fernandes Pinheiro apresentou os melhores resultados. Em relação ao fotoperíodo, não existiu diferença na germinação em relação aos níveis de luz, sendo o IVG maior para sementes germinadas no escuro. A procedência Fernandes Pinheiro obteve maior crescimento inicial das mudas em relação à procedência Lapa e esta diferença aumenta ao longo das avaliações. Em geral, os experimentos mostraram haver diferença entre as procedências, havendo relação com a qualidade de sementes e mudas formadas.

Palavras-chave


cedro, fotoperíodo, matrizes, produção de mudas, Meliaceae.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/223811711642017376

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171