Entre a estética e o político: caráter popular, “qualidade estética” e teatro brasileiro

Autores

  • Berilo Luigi Deiró Nosella Universidade Federal de São João del Rei
  • Letícia Gouvea Issene Universidade Federal de Ouro Preto

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102272016296

Resumo

O presente artigo, a partir de questões e conceitos referentes a noção de “cultura nacional-popular” em Gramsci e da tentativa de apontar inícios de transposições e reflexões desta noção para o Brasil e sua produção cultural pré 1964, busca entender qual e como a noção de Popular (Cultura e Arte Popular) articulou formulações e reformulações no campo estético e da produção cultural na passagem da experiência do Teatro de Arena ao CPC da UNE. Neste sentido, na tentativa de concretizar amarras à tal noção num dado momento histórico de nossa produção cultural e teórica, também nos debruçamos sobre o ensaio Cultura Posta em Questão (1964), de Ferreira Gullar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Berilo Luigi Deiró Nosella, Universidade Federal de São João del Rei

Professor do Curso de Teatro do Departamento de Letras, Artes e Cultura da Universidade Federal de São João del Rei e do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas do Instituto de Filosofia, Artes e Cultura da Universidade Federal de Ouro Preto. Doutor em Artes Cênicas, na linha de História e Historiografia, pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Líder do Grupo de Pesquisa em História, Política e Cena (CNPq).

Letícia Gouvea Issene, Universidade Federal de Ouro Preto

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal de Ouro Preto, na linha de pesquisa Estética, Crítica e História das Artes Cênicas, sob orientação do Prof. Dr. Berilo Luigi Deiró Nosella. Integrante do Grupo de Pesquisa em História, Política e Cena (CNPq)

Downloads

Publicado

2016-12-24

Como Citar

NOSELLA, B. L. D.; ISSENE, L. G. Entre a estética e o político: caráter popular, “qualidade estética” e teatro brasileiro. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 27, p. 296-314, 2016. DOI: 10.5965/1414573102272016296. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/7714. Acesso em: 7 fev. 2023.