A cena intimista em um projeto remoto de pesquisa e extensão universitária

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103422021e0114

Palavras-chave:

Teatro de imersão, Cena intimista, Processo criativo remoto, Extensão universitária

Resumo

As noções de teatro de imersão, cena intimista, teatro neo-tecnológico e áudio-teatro perpassam um percurso em pesquisa e extensão universitária que iniciou antes, mas teve continuidade durante a pandemia de Covid-19. A cena intimista é um formato cênico que privilegia o encontro, a imersão sensorial e processos de desorientação quanto ao espaço, ao tempo e à presença. As medidas de isolamento social e a implantação das atividades acadêmicas emergenciais remotas ocasionaram um contexto específico de experimentação criativa, no qual elementos do formato cênico intimista foram ressignificados a partir das limitações e potencialidades das presenças telemáticas e virtuais. Em que pese as distinções entre experiências teatrais (presenciais) e experiências artísticas remotas, as mediações tecnológicas são adotadas neste projeto como dispositivos para imaginar uma possível cena intimista remota e produzir múltiplos registros do processo criativo.

Biografia do Autor

Heitor Martins Oliveira, Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Doutorado em Música (Composição) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestrado em Música (Composição) - Texas State University - San Marcos (EUA). Bacharel em Música (Regência) e licenciatura em Educação Artística pela Universidade de Brasília (UnB). Professor adjunto da Universidade Federal do Tocantins (UFT). 

Bianca Nascimento de Melo, Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Graduanda do curso de Licenciatura em Teatro pela Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Referências

CASIRAGHI, Mauricio Pezzi. Insônia: A tecnologia audiovisual como catalisadora para a imersão no teatro. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

CORREIA, Eliana Rosa; SANTOS, Gleiziane Pinheiro dos. O rádio-teatro no ensino remoto: um experimento artístico-pedagógico. Rebento, São Paulo, n. 13, p.325-346, jul. - dez 2020. Disponível em:

http://www.periodicos.ia.unesp.br/index.php/rebento/article/view/596. Acesso em: 14 jun. 2021.

DINIZ, Liana Ferraz; GOUSSINSKY, Sônia. A voz em (instabilidade de) rede. Rebento, São Paulo, n. 13, p.285-303, jul. - dez 2020. Disponível em http://www.periodicos.ia.unesp.br/index.php/rebento/article/view/584. Acesso em: 14 jun. 2021.

DUBATTI, J. Convivio y tecnovivio: el teatro entre infancia y babelismo. Revista Colombiana de las Artes Escénicas, v. 9, p.44-54, 2015.

DUBATTI, Jorge. Experiência Teatral, experiência tecnovivival: nem identidade, nem campeonato, nem melhoria evolutiva, nem destruição, nem laços simétricos. Rebento, São Paulo, n. 12, p. 8-32, jan. -jun. de 2020.

GÓMEZ, Máximo José; DIP, Nerina Raquel. Da contenção à criação: experiência artístico-pedagógica na pandemia. Tradução: Simone Carleto. Rebento, São Paulo, n. 13, p. 139-163, jul. - dez 2020. Disponível em http://www.periodicos.ia.unesp.br/index.php/rebento/article/view/603. Acesso em: 14 jun. 2021.

SCHECHNER, Richard. Environmental theater. New, expanded ed. New York: Applause, 1994.

PAVIS, Patrice. A análise dos espetáculos: teatro, mímica, dança, dança-teatro, cinema. Tradução: Sérgio Sálvia Coelho. São Paulo: Perspectiva, 2011.

PÉDICO, André Leme; MACHADO, Fabiana de Sousa Cunha; SOUZA, Leandro Pereira de. As Oficinas "Paisagem Sonora - Sons e Silêncios da Quarentena": relato de experiência realizada na Mostra Virtual de Artes do CEFET-MG. Rebento, São Paulo, n. 13, p. 304-324, jul. - dez 2020. Disponível em: http://www.periodicos.ia.unesp.br/index.php/rebento/article/view/594. Acesso em: 15 jun. 2021.

SOLANO, Iara. Formato Cênico Intimista. Entrevista cedida a Bianca Nascimento de Melo. Palmas (TO), 12 ago. 2020. Transcrita em anexo do relatório final do projeto de iniciação científica: Processo de criação em cena intimista: narrativas de uma artista-pesquisadora em formação, pela Universidade Federal do Tocantins (UFT, 2019-2020).

SPRITZER, Mirna. O exercício radiofônico como prática da palavra, da vocalidade e da escuta. Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1 n. 22, p. 89-98, julho de 2014.

Disponível em:

https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101222014089/3178. Acesso em: 14 jun. 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-13

Como Citar

OLIVEIRA, H. M.; MELO, B. N. de. A cena intimista em um projeto remoto de pesquisa e extensão universitária. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 42, p. 1-22, 2021. DOI: 10.5965/1414573103422021e0114. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/20494. Acesso em: 18 jan. 2022.