A CONTABILIDADE DE CUSTOS NAS UNIVERSIDADES DA ESPANHA: UMA ANÁLISE DA ESTRUTURA DOS PLANOS DE ENSINO DA DISCIPLINA NA GRADUAÇÃO

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Ilaci Pavesi
Altair Borgert

Resumo

Com o propósito de identificar o perfil da disciplina de contabilidade de custos nos cursos de graduação oferecidos nas universidades espanholas, este artigo teve por objetivo pesquisar os planos de ensino da disciplina que abordam o conteúdo de contabilidade de custos nos cursos de graduação em Contabilidade e Finanças. A pesquisa é do tipo documental. A técnica utilizada para coleta de dados foi por análise de dados secundários, compostos pelos planos de ensino com o conteúdo de Contabilidade de Custos das Universidades da Espanha. No que concerne à abordagem do problema, foram utilizadas metodologias de natureza qualitativa e quantitativa. A amostra contempla 10 universidades públicas e 14 planos de ensino. De modo geral os resultados mostraram que: (i) a disciplina de custos possui 6 créditos; (ii) os conteúdos programáticos tratam dos temas: Conceptos Básicos/Fundamentales de Costes, Costes por Procesos, Costes Estándares, Los Centros de Costes/Centros o areas de Responsabilidad, Los Sistemas de Costes Basados en las Actividades (ABC), El Coste de Absorción e Asignación de Costes;(iii) os alunos são avaliados por prova final e parciais, e; (iv) as bibliografias adotadas tem como principais autores: Horngren, Forster e Datar, com a obra Contabilidad de Costes. Conclui-se que há certa homogeneidade no que diz respeito à estrutura dos planos de ensino das universidades pesquisadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Pavesi, I., & Borgert, A. (2016). A CONTABILIDADE DE CUSTOS NAS UNIVERSIDADES DA ESPANHA: UMA ANÁLISE DA ESTRUTURA DOS PLANOS DE ENSINO DA DISCIPLINA NA GRADUAÇÃO. Revista Brasileira De Contabilidade E Gestão, 5(9), 058-070. https://doi.org/10.5965/2764747105092016058
Seção
Artigos

Referências

ANDERSEN, B. Industrial benchmarking for competitive advantage. Human Systems Management, v. 18, issue 3-4, p. 287-29, 1999.

BORGES, M. C. A. Reforma da universidade no contexto da integração europeia: o processo de Bolonha e seus desdobramentos. Educação Social, Campinas, v. 34, 67-80, 2013.

CARRILLO, D. B. II Encuentro de docentes de contabilidad de costes y control de gestión. La Contabilidad de Costes / Contabilidad de Gestión en los estudios de Grado de la universidad pública española.Sevilla, 1-28, 2011.

DEMO, P. Avaliação e democracia. Abceducativo. São Paulo, 4 (22), 28-32, 2003.

ERFURTH, A. E. et al. O ISAR/UNCTAD, as diretrizes curriculares brasileiras e as disciplinas de Contabilidade de Custos: reflexões na área de Contabilidade. In: Congresso Brasileiro de Custos, Fortaleza. Anais... Fortaleza: UFC, 2009.

PEREZ, B. P.; GALLARDO, A. L. P; PEÑA, C. R.. La investigación empírica en contabilidad de gestión en España: análisis de las publicaciones españolas. Revista Española de Financiación y Contabilidad, v. XXXIV 183-210, 2005.

Fundación para la proyección internacional de las universidades españolas. Disponível em: <http://universidad.es/es/en-espana/estudiar-en-espana/el-sistema-universitario-espanol>. Acesso em 15 dez.2013.

GALLON, A. V.; ORO, I. M.; EIDT, J.; DOMINGUES, M. J. C. S. Disciplinas de custos: uma análise nos cursos de Ciências Contábeis das IES do sistema ACAFE. V Coloquio Internacional sobre Gestión Universitaria en América del Sur, 2005.

GARIBA JÚNIOR, M. Um modelo de avaliação de cursos superiores de tecnologia baseado na ferramenta benchmarking. Tese (Doutorado) Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção 304p, 2005.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. (4. ed.) São Paulo: Atlas, 2002.

GODOY, A. S.; SILVA, H. A.; NAKAMURA, W. T. Análise dos programas de ensino da área de custos no currículo dos cursos de graduação em administração de empresas. Revista Eletrônica de Administração, 10 (4), 2010.

ITOZ, C.; MINEIRO, M.. Ensino-aprendizagem da contabilidade de custos: componentes, desafios e inovação prática. Enfoque: Reflexão Contábil, 24 (2), 53- 65, 2005.

IUDÍCIBUS, S.. Teoria da contabilidade. (9. ed.) São Paulo: Atlas, 2009. LIBÂNEO, J. C. Didática. São Paulo: Cortez, 1999.

LIBÂNEO, J. C. Organização e gestão escolar: teoria e prática. 4. ed. Goiânia: Alternativa, 2001.

LÜCK, H.. Planejamento em orientação educacional. 10. ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

MAGALHÂES, F. A. C.; ANDRADE, J. X. A educação contábil no Estado do Piauí diante da proposta de convergência internacional do currículo de contabilidade concebida pela ONU/Unctad/Isar. In: 6o Congresso USP de Controladoria e Contabilidade.Anais... São Paulo: USP, 2006.

MECD - Ministerio de Educaciòn, Cultura y Deporte. Disponível em: <http://www.mecd.gob.es/educacion-mecd/areas-educacion/universidades/estadisticas-informes/datos-cifras.html>. Acesso em 10 jan.2014.

MECD - Ministerio de Educaciòn, Cultura y Deporte. Disponível em: <http://www.mecd.gob.es/dms/mecd/educacion-mecd/areas-educacion/universidades/estadisticas-informes/estadisticas-informes-documentum/datos-cifras/2012-2013-datos-y-cifras-sistema-universitario-espanol>. Acesso em 10 jan.2014

NOSSA, V.; COELHO, C. R. A.; CHAGAS, J. F. O ensino da contabilidade de custos no Brasil. Revista Brasileira de Contabilidade. 1998.

PINTO, J.; SILVEIRA, A.; DOMINGUES, M..J.C.S. Ensino de custos no curso de administração da Universidade do Oeste de Santa Catarina. In: 8º Congresso USP Controladoria e Contabilidade, São Paulo-SP, 2008.

RAUPP, F. M. et al. O ensino de contabilidade de custos nos cursos de graduação em administração do Estado de Santa Catarina.Associação Brasileira de Custos, v. 4, n. 2, p. 61- 79, 2009.

RICCIO, E. L.; SAKATA, M. C. G. Evidências da globalização na educação contábil: estudo das grades curriculares dos cursos de graduação em universidades brasileiras e portuguesas. Revista de Contabilidade e Finanças – USP, São Paulo, 35, 35-44, 2004.

ROSA, F. S.; LUNKES, R. J.; PFITSCHER, E. D.; SOARES, S. V. Análise da legitimidade cognitiva da Contabilidade Gerencial da Espanha. In: VIII Congreso Iberoamericano de Administración Empresarial y Contabilidad, 2012, Lima-Peru. VIII Congreso Iberoamericano de Administración Empresarial y Contabilidade. Lima- Peru: Pontifícia Universidad Católica del Peru, 2012.

UNCTAD – United Nations Conference on Trade and Development.Guideline on National Requirements for the Qualification of Professional Accountants.New York/Geneve, 1999.

UNCTAD – United Nations Conference on Trade and Development. Revised Model Accounting Curriculum (MC). New York/Geneve, 2003.