Leituras de narrativas audiovisuais e questões de gênero

Autores

  • Analice Dutra Pillar Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234616382024e0002

Palavras-chave:

Ensino de Artes Visuais., Leitura audiovisual., Questões de gênero, Infância., Mídia.

Resumo

Este texto é parte de reflexões realizadas em anos de pesquisas sobre leituras de produções audiovisuais em que procuramos elaborar uma proposta de leitura audiovisual para a educação a partir dos estudos sobre leitura de imagens de Ana Mae Barbosa, María Acaso, Arthur Efland, Kerry Freedman, Patricia Stuhr, Fernando Hernández e com os aportes da semiótica discursiva, em especial os estudos de Eric Landowski, Ana Silvia Médola, Yvana Fechine, Nilton Hernandes, Lucia Teixeira, Ramalho e Oliveira sobre apreensão de efeitos de sentido em criações visuais e sincréticas. Tais estudos proporcionaram subsídios teóricos e metodológicos para compreender os sentidos que os procedimentos que articulam as diferentes linguagens nestas produções possibilitam. Em nossas pesquisas procuramos construir uma proposta de leitura audiovisual para a educação e realizá-la em diferentes contextos e níveis de ensino, seja na educação infantil, no ensino fundamental, no ensino superior, de modo a aprimorá-la. Apresentaremos, a seguir, alguns princípios da proposta de leitura através da análise do filme publicitário Coleção Era uma vez...Outono/Inverno 2014 Gabriela Aquarela, com foco nos efeitos de sentido que os procedimentos de montagem criam e nas significações que um grupo de estudantes universitários de um curso de formação de professores fez dessa criação. Os resultados apontam algumas rotas para análise de produções audiovisuais na educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Analice Dutra Pillar, Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Doutora em Artes pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Artes pela USP e graduada em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Realizou Estágio de Pós-Doutorado na Universidad Complutense de Madrid (UCM). É Professora Titular da Faculdade de Educação da UFRGS. Pesquisadora do CNPq. Coordena o Grupo de Pesquisa em Educação e Arte (GEARTE). É Editora-Chefe da Revista GEARTE. Possui publicações na área do Ensino de Artes Visuais, Leitura de Imagens, Leitura de Produções Audiovisuais.

Referências

ACASO, María. El lenguaje visual. Barcelona: Paidós, 2009a.

ACASO, María. La educación artística no son manualidades. Madrid: Catarata, 2009b.

ACASO, María. Esto no son las Torres Gemelas: cómo aprehender a leer la televisión y otras imágenes. Madrid: Catarata, 2006.

BARBOSA, Ana Mae; CUNHA, Fernanda Pereira da. Abordagem triangular no ensino das artes e culturas visuais. São Paulo: Cortez,2010.

BARBOSA, Ana Mae; AMARAL, Lilian. (orgs.). Interterritorialidade: mídias, contextos e educação. São Paulo: SENAC/SP; SESCSP, 2008.

BARBOSA, Ana Mae. Tópicos utópicos. Belo Horizonte: C/Arte, 1998.

BARBOSA, Ana Mae. A imagem no ensino da arte. São Paulo: Perspectiva, 1991.

CHION, Michel. La audiovisión. Barcelona: Paidós, 1993.

EFLAND, Arthur D.; FREEDMAN, Kerry; STUHR, Patricia. La educación en el arte posmoderno. Barcelona: Paidós, 2003.

FECHINE, Yvana. Contribuições para uma semiotização da montagem. In: OLIVEIRA, A. C. de; TEIXEIRA, Lucia (orgs.). Linguagens na comunicação: desenvolvimento de semiótica sincrética. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2009. p. 323-370.

FELIPE, Jane. Gênero, sexualidade e a produção de pesquisas no campo da educação: possibilidades, limites e a formulação de políticas públicas. Proposições, v. 18, n. 2, p. 77-87, maio/ago. 2007.

FREEDMAN, Kerry. Enseñar cultura visual. Barcelona: Octaedro, 2006.

HERNANDES, Nilton. Duelo: a publicidade da tartaruga da Brahma na Copa do Mundo. In: LOPES, Ivan C.; HERNANDES, Nilton. (orgs). Semiótica: objetos e práticas. São Paulo: Contexto, 2005. p. 227-244.

HERNÁNDEZ, Fernando. Catadores da cultura visual. Porto Alegre: Mediação, 2007.

HERNÁNDEZ, Fernando. De qué hablamos cuando hablamos de Cultura Visual? Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 30, n. 2, p. 9-34, jul/dez 2005.

LANDOWSKI, Eric. Interacciones arriesgadas. Lima: Fondo Editorial de la Universidad de Lima, 2009.

MÉDOLA, Ana Silvia D. A abordagem do sincretismo em televisão: em busca de caminhos para análise. In: OLIVEIRA, Ana Claudia de; LANDOWSKI, Eric. (orgs.) Caderno de Discussão do Centro de Pesquisas Sociossemióticas. São Paulo: Editora CPS, 2003. p. 483-492.

MÉDOLA, Ana Silvia D. Sincretismo de linguagens e configuração de gêneros televisuais. In: OLIVEIRA, Ana Claudia de (org.). Caderno

de Discussão do Centro de Pesquisas Sociossemióticas. São Paulo: Editora CPS, 2002. p.377-386.

MÉDOLA, Ana Silvia D. A articulação entre linguagens: a problemática do sincretismo na televisão. In: OLIVEIRA, Ana Claudia; CAMARGO, I.Caderno de Discussão do Centro de Pesquisas Sociossemióticas. São Paulo: Centro de Pesquisas Sociossemióticas, 2000. p. 201-209.

MEYER, Dagmar; SOARES, Rosângela. Corpo, gênero e sexualidade nas práticas escolares: um início de reflexão. In: MEYER, Dagmar; SOARES, Rosângela (orgs.). Corpo, gênero e sexualidade. Porto Alegre: Mediação, 2004. p. 5-16.

PILLAR, Analice Dutra; CAMPOS, Juliano de. Narrativas audiovisuais na educação: a videoarte Anima2 e seus sentidos. PÓS: Revista do Programa de Pós-Graduação em Artes da EBA/UFMG, Belo Horizonte, v. 11, n. 21, p. 168-190, 2021. DOI: 10.35699/2237-5864.2021.21347. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/revistapos/article/ view/21347. Acesso em: 9 jan. 2024.

PILLAR, Analice Dutra; REGINATO, Tanise. Leituras de Micronarrativas Audiovisuais em Contextos Educativos: Barquinhos de Tatajuba. In: RAMALHO, Sandra; SCOZ, Murilo; SANTOS, Célio Teodorico dos. (Org.). Ressonâncias Semióticas. 1ed.Florianópolis: UDESC, 2019, v. 1, p. 47-63. Disponível em: https://sistemabu.udesc.br/pergamumweb/vinculos/000080/000080ea.pdf. Acesso em: 9 jan. 2024.

PILLAR, Analice Dutra; REGINATO, Tanise. Leituras de micronarrativas audiovisuais em contextos educativos: Barquinhos de Tatajuba. In: Anais do 27º Encontro da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas, 2018, São Paulo. Anais do 27o Encontro da ANPAP. São Paulo: Universidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Artes, 2018. p. 3708-3722.

PILLAR, Analice Dutra. Readings of the contemporary in art education: Simultaneity and ambivalence in video art. International Journal of Education through Art, Londres, v.13, n.2, p. 235-247, maio / ago. 2017. http://dx.doi.org/10.1386/eta.13.2.235_1

PILLAR, Analice Dutra. Lectura de producciones audiovisuales del arte contemporáneo en la educación artística, Revista Complutense de Educación, Madrid, (Online), v. 25 n. 2, p.337-353, 2014.

PILLAR, Analice Dutra. Visualidade contemporânea e educação: interação de linguagens e leitura. Contrapontos (Online), Itajaí, v. 13, p. 178-185, 2013.

RAMALHO E OLIVEIRA, Sandra R. Luz na escuridão: da leitura à apreensão de sentidos. Revista GEARTE, v. 5, n. 1, p. 100-116, jan./abr.

DOI: https://doi.org/10.22456/2357-9854.80943. Acesso em: 20jul. 2023.

RAMALHO E OLIVEIRA, Sandra Regina de. Imagem também se lê. SãoPaulo: Rosari, 2005.

RESSEL, Lúcia B. et.al. O uso do Grupo Focal em Pesquisa Qualitativa. Texto Contexto Enfermagem, Florianópolis, 2008 Out-Dez; 17(4): 779-86. http://www.scielo.br/pdf/tce/v17n4/21.pdf .Acesso em: 12 set. 2023.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação & Realidade, v.20, n. 2, p. 71-99, jun./dez. 1995.

SCÓZ, Murilo; RAMALHO E OLIVEIRA, Sandra R. Questões acerca do ritmo visual. In: FREITAS, Neli K.; RAMALHO E OLIVEIRA, Sandra.

(Org.). Variantes na Visualidade. 1ed.Florianópolis: UDESC, 2010, v. 1,p. 77-87.

TEIXEIRA, Lucia. Para uma metodologia de análise de textos verbovisuais. In: OLIVEIRA, Ana Claudia de; TEIXEIRA, Lucia. (orgs.) Linguagens na comunicação: desenvolvimentos de semiótica sincrética. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2009. p.41-77.

TEIXEIRA, Lucia. Entre dispersão e acúmulo: para uma metodologia de análise de textos sincréticos. Gragoatá - Revista do Instituto de Letras da UFF, Niterói, v. 16, p. 209-227, 2004. https://periodicos.uff.br/gragoata/article/view/33349/19336. Acesso em: 10 out. 2023.

Downloads

Publicado

2024-03-03

Como Citar

PILLAR, Analice Dutra. Leituras de narrativas audiovisuais e questões de gênero. Palíndromo, Florianópolis, v. 16, n. 38, p. 1–32, 2024. DOI: 10.5965/2175234616382024e0002. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/24573. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Seção temática