A Voz no Teatro Popular do Nordeste

Autores

  • Rafael Sol Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034701192018158

Resumo

O artigo contextualiza a voz no Teatro de Mamulengo, e consequentemente a voz no teatro de bonecos enquanto teatro de rua bem como as peculiaridades de tipos e timbres que esta proposta cênica abarca. Trata também de alguns aspectos de sua fusão com outras artes populares que envolvem a voz como meio de expressão. O texto também aponta para a cosmologia do pensamento deste mestre criador, bem como suas singularidades.

Palavras-chave: Voz. Mamulengo. Folguedo. Cultura popular. Folclore.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Sol, Minas Gerais

Trabalha com Teatro de Bonecos Popular do Nordeste. Suas referências artísticas vieram de Natal (RN) e da mata norte pernambucana. Aprendeu a brincar com Chico Daniel, Zé de Vina e seus agregados. É membro da Comissão Mineira de Folclore e da Associação de Teatro de Bonecos de Minas Gerais - ATEBEMG. Possui residência em Belo Horizonte e no vilarejo de Campo Alegre, município de Turmalina, um dos berços culturais do Vale do Jequitinhonha.

Downloads

Publicado

2018-11-30

Como Citar

SOL, Rafael. A Voz no Teatro Popular do Nordeste. Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas, Florianópolis, v. 1, n. 19, p. 158–169, 2018. DOI: 10.5965/2595034701192018158. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/moin/article/view/1059652595034701192018158. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos fora do Dossier Temático