Riscos na moda

recomendações associadas ao desenvolvimento de mix de produtos de vestuário no varejo sob ótica de especialistas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1982615x14342021284

Palavras-chave:

coleção de moda, risco, varejo

Resumo

O artigo investiga a temática dos riscos envolvidos no desenvolvimento de mix de produtos de vestuário no varejo. Devido a crescente complexidade dos negócios de moda em função dos curtos ciclos de produção, das variáveis subjetivas envolvidas na tomada de decisão do consumidor e da dificuldade em equilibrar os atributos do mix, foi proposto uma pesquisa aplicada e descritiva, que utiliza método quantitativo aliado ao qualitativo em uma pesquisa de campo. O resultado foi um conjunto de recomendações advindas de uma amostra composta por 94 profissionais de mercado que tem o propósito de reduzir os riscos ao longo do processo de desenvolvimento de mix de produtos de vestuário no varejo.

Referências

ADAMI, L. G. Análise e Previsão de Demanda de Peças de Vestuário em uma Microempresa de Campo Grande/MS. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) de Engenharia de Produção. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Medianeira, 2015.

BAHNG, Youngjin; KINCADE, Doris H.; ROGERS, Farrokh Trevor. Assortment Planning for Retail Buying, Retail Store Operations, and Firm Performance. Journal of Distribution Science, Coréia, v. 16, p. 15-27, ago. 2018.

BERKHOUT, Constant. Assortment and Merchandising Strategy: building a retail plan to improve shopper experience. Holanda: Palgrave Macmillan, 2019.

BIASIO, Roberto. Sistema de apoio à decisão para definição de mix de produtos em empresas comerciais varejistas. 2009. Tese de Doutorado em Administração - Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

CHOI, Tsan-Ming. Launching the right new product among multiple product candidates in fashion: Optimal choice and coordination with risk consideration. International Journal of Production Economics, Hong Kong, v. 202, p. 162-171, 2018.

CIETTA, Enrico. A Economia da Moda. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2017.

COSTA, Eduardo Ferreira. Comprador de Moda. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2011.

CUNICO, Letícia; DIAS JUNIOR, Claudelino Martins. Planejamento de produto e fluxo informacional em empresas do setor de confecção. Design e Tecnologia, v. 9, n. 18, p. 32-50, 30 jun. 2019.

IEMI. Lojas de departamento lideram vendas em valores entre os canais de varejo de vestuário. São Paulo, 2019. Disponível em: http://www.iemi.com.br/lojas-de-departamento-lideram-vendas-em-valores-entre-os-canais-de-varejo-de-vestuario-2/. Acesso em: 28 out. 2019.

HERMES, Lisiane Caroline Rodrigues; KLEIN, Maruen Mattei; SAUSEN, Jorge Oneide. As estratégias do mix de varejo como recurso gerador de vantagem competitiva: um estudo de caso em lojas de vestuário. In: XXI Jornada de Pesquisa Salão do Conhecimento Unijuí. Rio Grande do Sul: Ijuí, 2016.

LEVY, Michael; WEITZ, Barton A., GREWAL, Dhruv. Retailing Management. New York: McGraw Hill Education, 2014.

LIBÂNIO, Cláudia; AMARAL, Fernando. A Design Management Framework for the Fashion Industry. Brazilian Business Review, v. 14, n. 1, p. 1–20, 2 jan. 2017.

LIAO, Zhixue et al. A Me-based rough approximation approach for multi-period and multi-product fashion assortment planning problem with substitution. Expert Systems with Applications, China, v. 84, p. 127-142, maio. 2017.

PARENTE, Juracy; BARKI, Edgard. Varejo no Brasil: Gestão e Estratégia. São Paulo: Atlas, 2014.

ROSENAU, Jeremy A.; WILSON, David L. Apparel Merchandising: the line starts here. 2. New York: Fairchild Publicantions, Inc., 2007.

Downloads

Publicado

2021-09-30

Edição

Seção

Variata