Moda e consumo periférico

a construção de identidade social a partir das ações promovidas pelo projeto ‘periferia inventando moda’ na cidade de São Paulo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630512021198

Palavras-chave:

Consumo, Ações Educativas, Moda Periférica

Resumo

Este estudo analisa como a moda está atrelada à construção de identidade social e cultural nas periferias de São Paulo. Para isso, foi realizada uma revisão bibliográfica sobre sociedade, consumo e moda que permitiu definir como nosso objeto de pesquisa a instituição social Periferia Inventando Moda que, com ações educacionais e sociais, desenvolve importante papel junto ao comportamento de moda do jovem periférico. Ao analisar a atuação dessa entidade foi possível entender com mais clareza o consumo, mas também a produção de moda e sua relação com a promoção do sentido de pertencimento e ressignificação de um espaço geográfico reconhecido pela pobreza e falta de oportunidades. 

 

Biografia do Autor

Danilo Souza Moura, Centro de Comunicação e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie

Possui graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2019). Atualmente é analista de planejamento do Grupo MD Make a Difference. Tem experiência na área de Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: consumo, comunicação, sociedade, convergência e identidade.

Anderson Gurgel Campos, Centro de Comunicação e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie

Anderson Gurgel Campos, pesquisador de comunicação, entretenimento e economia criativa e professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie e Centro Universitário Belas Artes.

Referências

FOLHA DE SP. Projeto da própria favela distribui máscaras em Paraisópolis em São Paulo. São Paulo, SP, 21 Mai. 2020. Disponível em: < https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2020/05/projeto-da-propria-favela-distribui-mascaras-em-paraisopolis-em-sao-paulo.shtml> Acesso em 22 Jun. 2020.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 2005.

HANSON, Keri. From the humble beginnings to stunning success. Manhattan, NYC, 12 Jun. 2017. Disponível em: <https://www.visitmacysusa.com/article/history-macys-humble-beginnings-stunning-success> Acesso em 11 Mai. 2019.

KOTLER, Philip; KARTAJAYA, Hermawan; SETIAWAN, Iwan. Marketing 3.0: As forças que estão definindo o novo marketing centrado no ser humano. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

LEWGOY, Júlia. Periferias Brasileiras devem girar mais de R$ 7 bilhões só neste ano. Valor Investe, São Paulo, SP. Disponível em: < https://valorinveste.globo.com/objetivo/empreenda-se/noticia/2019/08/28/periferias-brasileiras-devem-girar-mais-de-r-7-bilhoes-so-este-ano.ghtml>. Acesso em: 29 Jun. 2020.

LIPOVETSKY, Gilles. Da Leveza: Rumo a uma civilização sem peso. São Paulo: Amarylis Editora, 2016.

_____________, _____. Felicidade paradoxal: Ensaio sobre a sociedade de hiperconsumo. São Paulo: Companhia das Letras. 2008.

_____________, _____. O império do efêmero: A moda e seu destino nas sociedades modernas. São Paulo: Companhia das Letras, 1989

MAFFESOLI, Michael. O Tempo das tribos: O declínio do individualismo nas sociedades de massa. São Paulo: Forense Universitária, 2014.

PEREZ, Clotilde. Signos da Marca: Expressividade e sensorialidade. São Paulo: Thomson, 2004.

PUTINI, Rafaela. Projeto social em uma das maiores favelas de SP vira escola de moda certificada pela USP. G1, São Paulo, 23 abr. 2018. Disponível em: <https://g1.globo.com/olha-que-legal/noticia/projeto-social-em-uma-das-maiores-favelas-de-sp-vira-escola-de-moda-certificada-pela-usp.ghtml>. Acesso em 02 mar. 2019.

SANTOS, Alex. Agente Comunitário de Cultura – 2ª edição: Periferia Inventando Moda. SP Cultura, 2016. Disponível em <http://spcultura.prefeitura.sp.gov.br/projeto/157/> Acesso em 09 Mar. 2019.

QUINTANEIRO, Tania. Um toque de clássicos: Marx, Durkheim e Weber. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

Downloads

Publicado

2021-02-01