Atendimento educacional hospitalar no viés de uma educação inclusiva

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/19843178182022e0027

Palavras-chave:

Pedagogia hospitalar, Educação inclusiva, Direito à educação.

Resumo

O texto a seguir apresenta uma discussão teórica do atendimento educacional hospitalar pelo viés da educação inclusiva, trata-se de um estudo bibliográfico que revisa termos e situa o leitor no campo de estudo da pedagogia hospitalar. trazendo à tona conceitos relevantes que guiam a prática docente neste campo ainda em construção e problematiza a indefinição que permeia a área. No percurso textual traçaremos um breve histórico deste atendimento situando o leitor no tempo e no espaço, traremos alguns conceitos de pedagogia hospitalar e de educação especial e inclusiva para definir esta relação e compreender o campo de atuação dos docentes nesta área, pertencente tecnicamente aos departamentos de Educação Especial, mas muitas vezes invisível e desconsiderada como campo de atuação, como atendimento essencial e como constructo teórico. Para a construção e defesa do que aqui apresentamos realizamos a busca de informações em dois sites técnicos: Google acadêmico e Scielo, com as palavras-chave: classe hospitalar, educação especial e inclusão. Como resultados o texto aponta para a estreita relação da educação hospitalar com a educação inclusiva, considerando princípios e métodos de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS. Dicionário escolar de língua portuguesa. 2ª ed. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 2008.

ALBERTONI, Léa Chuster. A inclusão escolar de alunos com doenças crônicas: professores e gestores dizem que... Curitiba, Appris, 2014.

BRASIL, Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Brasília: MEC, 1996.

BRASIL. MEC. Lei n.º 9.394/96. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Câmara dos Deputados, 1999.

BRASIL, Resolução nº 2, de 11 de setembro de 2001, que institui as Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. MEC; SEESP, 2001.

BRASIL. Ministério da Educação. Classe hospitalar e atendimento pedagógico domiciliar: estratégias e orientações. Secretaria de Educação Especial. Brasília: MEC; SEESP, 2002.

CARVALHO, Rosita Edler. Escola inclusiva: a reorganização do trabalho pedagógico. 6ª ed. Porto Alegre, Mediação, 2014.

CECCIM, R. & FONSECA, Eneida Simões da. Classe hospitalar: buscando padrões referenciais de atendimento pedagógico-educacional à criança e ao adolescente hospitalizados. Integração 9 (21): 31-39. 1999.

COVIC, Amália Neide. OLIVEIRA, Fabiana Aparecida de Melo. O aluno gravemente enfermo. São Paulo, Cortez, 2011.

FONSECA, Eneida Simões. Atendimento Pedagógico-Educacional para Crianças e Jovens Hospitalizados: realidade nacional. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, 1999.

FONSECA, Eneida Simões. Atendimento escolar no ambiente hospitalar. 2ª ed. São Paulo, Memnon, 2008.

MAITO, Viviane Pereira. Tecendo relações entre formação de professores, paradigmas educacionais e atuação no atendimento pedagógico ao escolar em tratamento de saúde. In: MATOS, Elizete Lúcia. Moreira. FERREIRA, Jacques de Lima. Formação pedagógica para o atendimento ao escolar em tratamento de saúde: redes de possibilidades online. Petrópolis, Vozes, 2013.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Inclusão escolar – o que é? Por quê? Como fazer? São Paulo, Summus, 2015.

MARTINS, Gilberto de Andrade. THEÓPHILO, Carlos Renato. Metodologia da investigação científica para ciências sociais. – 3. ed. – São Paulo: Atlas, 2016. Disponível: https://passeidireto.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788597009088/epubcfi/6/8%5B%3Bvnd.vst.idref%3Dtitle%5D!/4/2/4%5Bvst-image-button-40478%5D%400:0. Acesso em: 31/03/2020.

MATOS, Elizete L. M. WIESE, Maria do C. S. Trilhando sob novos olhares e novos desafios na Pedagogia Hospitalar. In: MATOS, Elizete Lúcia. Moreira. FERREIRA, Jacques de Lima. Formação pedagógica para o atendimento ao escolar em tratamento de saúde: redes de possibilidades online. Petrópolis, Vozes, 2013.

MINAYO, Maria Cecília. DESLANDES, Suely Ferreira. GOMES, Romeu. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 34 ed. Petrópolis, Vozes, 2015.

MUGGIATI, Margarida M.T.F. Serviço Social: relatos autobiográficos e memorialísticos de uma Assistente Social. Curitiba, Associação de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro, 2012.

PACCO, Aline F. R. GONÇALVES, Adriana G. Implantação da política para o atendimento ao escolar em tratamento de saúde: apontamentos por professores em um curso de formação reflexiva colaborativa. Revista: Educação, Psicologia e Interfaces, Volume 3, Dossiê

Inclusão e Diversidade, p. 98-110, 2019. ISSN: 2594-5343. DOI: https://doi.org/10.37444/issn-2594-5343.v3i4.193.

PARANÁ. Diretrizes Curriculares da Educação Especial para a Construção de Currículos Inclusivos. SEED. Curitiba, 2006.

PRADOS, Rosália Maria Netto. GIORDANO, Carlos Vital. THOMSEN Débora Bernardi Gradjean. Inclusão Educacional: Discursos Político-Educacionais e Desafios das Classes Hospitalares. REVASF, Petrolina- Pernambuco - Brasil, vol. 9, n.18, p. 103-122, abril, 2019. ISSN: 2177-8183.

ROCHA, Simone Maria da; PASSEGGI, Maria da Conceição. Classe hospitalar: um espaço de vivências educativas para crianças e adolescentes em tratamento de saúde. Revista @mbienteeducação, São Paulo, v. 3, n.1, p. 113-121, jan./jun. 2010.

SCIELO. Scientific Electronic Library Online. Disponível em: https://www.scielo.org/. Acesso em: 13/09/2020.

SCIELO. Critérios, política e procedimentos para a admissão e a permanência de periódicos na Coleção SciELO Brasil. maio de 2020. Disponível em: https://wp.scielo.org/wp-content/uploads/20200500-Criterios-SciELO-Brasil.pdf. Acesso em 13/09/2021.

SILVA, Ainda Maria Monteiro. COSTA, Valdelúcia Alves. Educação Inclusiva e Direitos Humanos: perspectivas contemporâneas. São Paulo, Cortez, 2015.

SILVA, Ainda Maria Monteiro. A formação docente na perspectiva da educação inclusiva e a relação com os Direitos Humanos. In: SILVA, Ainda Maria Monteiro. COSTA, Valdelúcia Alves. Educação Inclusiva e Direitos Humanos: perspectivas contemporâneas. São Paulo, Cortez, 2015.

SILVA, Rosilene F. G. MARTINS, Cristina A. CARVALHO, Graça S. Educação da criança hospitalizada: percepções, desenvolvimento socioeducativo e enfrentamento da hospitalização. III Enjie – Encontro Nacional de Jovens Investigadores em Educação. Lisboa, Edições Universitárias Lusófonas, 2019.

TELLES JUNIOR, Hamilton de O. TELLES, Rute E. M. M. O. PRADOS Rosália M. N. Classe hospitalar: inclusão além dos muros escolares. Revista Científica UMC. Mogi das Cruzes, v.3, n.2, agosto 2018. I

Downloads

Publicado

2022-06-07

Como Citar

PETERS, I. Atendimento educacional hospitalar no viés de uma educação inclusiva. Revista Educação, Artes e Inclusão, Florianópolis, v. 18, p. e0027, 2022. DOI: 10.5965/19843178182022e0027. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/arteinclusao/article/view/17956. Acesso em: 3 dez. 2022.