Relação entre atributos de solo, população de nematoide das lesões radiculares e crescimento de plantas de soja

Autores

  • Julio Cezar Franchini Embrapa Soja
  • Henrique Debiasi Embrapa Soja
  • Waldir Pereira Dias Embrapa Soja
  • Luiz Nery Ribas Aprosoja MT
  • João Flavio Veloso Silva Embrapa
  • Alvadi Antonio Balbinot Junior Embrapa Soja

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811711712018030

Palavras-chave:

geoestatística, Pratylenchus brachyrus, química do solo, manejo do solo.

Resumo

O nematoide das lesões radiculares (NLR) (Pratylenchus brachyurus) representa um importante desafio para a produção de soja na região central do Brasil, devido a sua ocorrência generalizada e à ausência de cultivares resistentes e de estratégias adequadas para o seu manejo. O objetivo deste trabalho foi estudar as relações entre atributos de solo, a população de NLR e o crescimento de plantas de soja, usando ferramentas de geoestatística. O estudo foi realizado em área de produção comercial de soja na região do médio norte do Estado de Mato Grosso, com histórico de danos causados pelo NLR. Os resultados indicam que há correlação negativa entre a intensidade dos sintomas causados pela infestação do NLR e alguns atributos químicos do solo, tais como pH, Ca, Mg e saturação por bases. A população do NLR é positivamente correlacionada ao carbono orgânico, a capacidade de troca de cátions e a acidez potencial do solo. Há evidências de que a acidez do solo aumenta a suscetibilidade das plantas de soja ao ataque do NLR. Nesse sentido, a correção da acidez do solo para níveis adequados à cultura da soja é uma importante estratégia para minimizar os danos causados pelo NLR.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Julio Cezar Franchini, Embrapa Soja

Pesquisador da Embrapa Soja

Referências

AVELINO J et al. 2009. Relationships between agro-ecological factors and population densities of Meloidogyne exigua and Pratylenchus coffeae sensu lato in coffee roots, in Costa Rica. Applied Soil Ecology 43: 95-105.

CAMBARDELLA CA et al. 1994. Field-Scale variability of soil properties in Central Iowa Soils. Soil Science Society of America Journal 58: 1501-1511.

CHIAMOLERA FM et al. 2012. Suscetibilidade de culturas de inverno a Pratylenchus brachyurus e atividade sobre a população de nematoide na cultura do milho. Nematropica 42: 267-275.

COOLEN WA & D’HERDE CJ. 1972. A method for the quantitative extraction of nematodos from plant tissue. Ghent: State Agricultural Research Center. 77p.

COSTA MJN et al. 2014. Efeito do teor de matéria orgânica do solo, cultura de cobertura e sistema de plantio no controle de Pratylenchus brachyurus em soja. Summa Phytopathologica 40: 63-70.

EMBRAPA. 1997. Manual de métodos de análises de solo. 2.ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA-CNPS. 212p.

EMBRAPA. 2014. Sistema brasileiro de classificação de solos. 4.ed. Brasília: Embrapa. 302p.

FRANCHINI JC et al. 2007. Microbiological parameters as indicators of soil quality under various soil management and crop rotation systems in southern Brazil. Soil and Tillage Research 92: 18-29.

KANDJI ST et al. 2001. Diversity of plant-parasitic nematodes and their relationships with some soil physico-chemical characteristics in improved fallows in western Kenya. Applied Soil Ecology 18: 143-157.

MACHADO ACZ et al. 2015. Characterization of Brazilian populations of Pratylenchus brachyurus using morphological and molecular analyses. Tropical Plant Pathology 40: 102-110.

MELAKEBERHAN H & AVENDAÑO F. 2008. Spatio-temporal consideration of soil conditions and site-specific management of nematodes. Precision Agriculture 9: 341-354.

RIBEIRO LM et al. 2014. Effect of soybean seed treatments on the population dynamics of Pratylenchus brachyurus under water stress conditions. Bioscience Journal 30: 616-622.

SANTANA-GOMES SM et al. 2014. Sucessão de culturas no manejo de Pratylenchus brachyurus em soja. Nematropica 44: 200-206.

SARAH JL et al. 1991. Effect of soil pH on development of Pratylenchus brachyurus populations in pineapple roots. Nematropica 21: 211-216.

SILVA IR et al. 2005. Interactions between magnesium, calcium, and aluminum on soybean root elongation. Revista Brasileira de Ciência do Solo 29: 747-754.

SOIL SURVEY STAFF. 2014. Keys to soil taxonomy. 12.ed. Washington, DC: United States Department of Agriculture, Natural Resources Conservation Service. 360p.

TREVATHAN LE et al. 1985. Relationship of plant-nematodes and edaphic factors in Colombian grain sorghum production. Nematropica 15: 145-153.

VIEIRA SR et al. 2002. Handbook for geostatistical analysis of variability in soil and climate data. In: ALVAREZ VVH et al. (Eds.) Tópicos em ciência do solo. Viçosa, Sociedade Brasileira de Ciência do Solo. p.1-45.

Downloads

Publicado

2018-03-16

Como Citar

FRANCHINI, J. C.; DEBIASI, H.; DIAS, W. P.; RIBAS, L. N.; SILVA, J. F. V.; BALBINOT JUNIOR, A. A. Relação entre atributos de solo, população de nematoide das lesões radiculares e crescimento de plantas de soja. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 17, n. 1, p. 30-35, 2018. DOI: 10.5965/223811711712018030. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/8956. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigo de Pesquisa - Ciência de Plantas e Produtos Derivados

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>