Design e Emoção: Métodos e Técnica Para Avaliação Emocional de Bens De Moda

Carina Santos Silveira, Suzi Maria Carvalho Mariño

Resumo


Neste artigo, promove-se a apresentação de método e técnicas para o estudo emocional de usuários de produtos, com recorte de pesquisa para os bens de moda. De forma descritiva e aplicada, será abordado o método de engenharia kansei, que permite compreender as emoções que usuários atribuem à posse ou ao uso dos bens de moda. Como suporte, indicam-se a técnica de grupo focal, que objetiva a discussão sobre a moda com a consequente seleção de dados a serem utilizados no método, e a técnica de construção e aplicação da escala de diferencial semântico, utilizada no registro das impressões emocionais de usuários. Os resultados alcançados com a aplicação do método associado a essas técnicas visam a apresentar a relação da percepção emocional dos entrevistados com os elementos de design dos bens de moda que compõem uma estrutura vestimentar. Passa-se, desse modo, a entender que os significados emocionais atribuídos pelos usuários aos produtos podem ser compreendidos e convertidos em requisitos projetuais para o desenvolvimento de novos produtos. O método apresentado, associado às referidas técnicas, é considerado eficiente e passível de ser integrado à prática projetual do designer.


Palavras-chave


Design emocional; Moda; Metodologia de projeto

Texto completo:

PDF

Referências


BARTHES, Roland. Sistema da moda. trad. do francês por Lineide do Lago Salvador Mosca. SP: Cia. Ed. Nac./Ed. da Universidade de São Paulo, 1979, 328p.

BALDUINO, Mariana Araújo. Aplicação da metodologia de engenharia Kansei na análise de consumo de chás. 2012. 90 f. Dissertação (Mestrado) - Ciências do Consumo e Nutrição, Geociências, Ambiente e Ordenamento do Território, Universidade do Porto, Porto, 2012.

CIDREIRA, Renata Pitombo. Os Sentidos da Moda. São Paulo: Annablume, 2006. 146 p.

DAMÁSIO, António R.. O erro de Descartes: Emoção, razão e o cérebro humano. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. Tradução de: Dora Vicente e Georgina Segurado.

DESMET, P. M. A.; HEKKERT, P.. The basis of product emotions. In: W.green And P. Jordan (eds.), Pleasure With Products, Beyond Usability, London, p.60-68, 2002.

FONTOURA, Antônio M. e ZACAR, Cláudia R. Hasegawa. Quando o design mexe com a gente. In: abc Design. Ed n. 25. Curitiba, 2008. ISSN 1676-5656.

GONDIM, Sônia Maria Guedes. Grupos focais como técnica de investigação qualitativa: desafios metodológicos. In: PAIDÉIA, 12., 2003, Salvador: UFBa, p. 149 - 161.

GONDIM, Sônia Maria Guedes. Grupos focais como técnica de investigação qualitativa: desafios metodológicos. In: PAIDÉIA, 12., 2003, Salvador. Paidéia. Salvador: Universidade Federal da Bahia, 2003. p. 149 - 161.

GOLEMAN, Daniel. Inteligência emocional: a teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente. Rio de Janeiro: Objetivo, 1996. 383 p. Tradução de: Marcos Santarrita.

JUNIOR, L. D. F.; BENASSI, J. L. G.; AMARAL, D. C.. Kansei Engineering na gestão ágil de projetos de novos produtos: potencialidades e desafios. In: GESTÃO DA PRODUÇÃO, OPERAÇÕES E SISTEMAS. Ano 6, 2011. p. 59 - 76.

JORDAN, Patrick W.. Human factors for pleasure in product use. Applied Ergonomics, [s. L.], v. 29, n. 1, p.22-33, nov. 1996.

LOKMAN, Anitawati Mohd. DESIGN & EMOTION: THE KANSEI ENGINEERING METHODOLOGY. In: Revista Faculty of Computer and Mathematical Sciences, 2010, Malaysia: Universiti Teknolgi Mara, 2010. p. 1 - 14. ISSN 2231-7473.

MARGHANI, V el. et al. Kansei Engineering: metodologia orientada ao consumidor para suporte a decisão de projeto. 8º Congresso Brasileiro De Gestão De Desenvolvimento De Produto. 12, 13, 14 de setembro de 2011. Porto Alegre-RS, 2011. p 1-13.

MYERS, David G.. Psicologia. Rio de Janeiro: Ftc, 2006. Tradução de Eduardo Jorge Custódio da Silva; Maria dos Anjos Santos Rouch.

NAGAMACHI, Mitsuo. Kansei Engineering as an ergonomic consumer-oriented technology for product development. Applied Ergonomics, Hiroshima, p.289-294, 2002. Dept. of Kansei Ergonomics. Hiroshima International University.

NIEMEYER, Lucy. Design atitudinal: Uma abordagem projetual. In: MONT'ALVÃO, Claudia; DAMÁZIO, Vera (Org.). Design ergonomia emoção. Rio de Janeiro: Faperg Mauad, 2008. Cap. 3. p. 49-64.

NORMAN, Donaldo A.; DEIRÓ, Tradução Ana. Design emocional: Por que adoramos (ou detestamos) os objetos do dia-a-dia. Rio de Janeiro: Racco, 2008. 278 p.




DOI: https://doi.org/10.5965/1982615x13272020130

Direitos autorais Carina Santos Silveira, Suzi Maria Carvalho Mariño

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png