Corpo Sonoro, Tempo(s) Presente(s), Corpo Utópico, Imensidão, Heterotopias e Outras Vozes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103422021e0208

Palavras-chave:

Corpo Sonoro, Corpo poético, Corpo Utópico, Heterotopias, Vozes

Resumo

A partir de relações contínuas entre os aspectos internos e externos, objetivos e subjetivos da criação vocal, o artigo aborda a imensidão da experiência poética, Corpo Sonoro, em laboratórios de experimentação e de composição teatral e provoca um pensamento sobre técnica e dramaturgias plurais entre as práticas de pesquisa e pensamentos foucaultianos e bachelardianos sobre o(s) tempo(s), o(s) espaço(s) e o Corpo.

 

 

 

 

 

 

Biografia do Autor

Mariane Magno Ribas, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Professora Adjunta do Departamento de Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Rio Grande do Sul.

Referências

AGRIPINA, Encarnación Alvarez Ferreira. Dicionário de Imagens, Símbolos, Mitos, Termos e Conceitos Bachelardianos. Londrina: EDUEL, 2008.

ALMEIDA, Vera Lucia Paes de. Corpo Poético: O movimento expressivo em C. G. Jung e R. Laban. São Paulo: Paulus, 2009.

ARTAUD, Antonin. O Teatro e seu Duplo. São Paulo: Martins Fontes,1999.

BACHELARD, Gaston. A poética do Espaço. São Paulo: Martins Fontes,1993

BACHELARD, Gaston. A Poética do Devaneio. São Paulo: Martins Fontes, 2006

BARBA, Eugenio. Queimar a Casa. Campinas: Hucitec,2010

BARBA, Eugenio; SAVARESE, Nicola. A Arte Secreta do Ator. Um Dicionário de Antropologia Teatral. São Paulo: É Realizações, 2012.

DUBATTI, Jorge. Teatro dos Mortos. São Paulo: Edições SESC, 2016

FOUCAULT, Michel. O Corpo Utópico, As heterotopias. São Paulo: n-1 Edições, 2013.

GIL, José. Metamorfoses do corpo. Lisboa: Relógio D’Água Editores, 1997.

JAPIASSU Hilton; MARCONDES, Danilo. Dicionário Básico de Filosofia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

JULLIEN, François. Do ‘tempo”: elementos para uma filosofia do viver. São Paulo: Discurso Editorial, 2004.

JUNG, Carl Gustav. O espírito da Arte na Ciência. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 1991.

MACHADO, Fernando da Silva. (2016) Diurno e noturno no pensamento de Gaston Bachelard. Cadernos do PET Filosofia, v. 7, n. 13, p.11-23, jan./jun.

Downloads

Publicado

2021-12-13

Como Citar

RIBAS, M. M. Corpo Sonoro, Tempo(s) Presente(s), Corpo Utópico, Imensidão, Heterotopias e Outras Vozes. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 42, p. 1-27, 2021. DOI: 10.5965/1414573103422021e0208. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/19647. Acesso em: 18 jan. 2022.