Dos galpões industriais aos espaços públicos da cidade: alguns processos de configuração espacial nas artes da cena brasileira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/14145731023820200023

Palavras-chave:

Espaço teatral, Dinâmica cênica, Espaços encontrados, Arquitetura teatral, Espaço-evento

Resumo

Espaços não convencionais utilizados para a performance e o teatro têm sido cada vez mais apropriados pelos encenadores contemporâneos, principalmente em razão das qualidades espaciais com quais a dinâmica cênica atual envolve performers e participantes, em geral intitulada site-specific. Com base nas teorias de Carlson (1989, 2012), Rufford (2015) e Pearson (2001), discutem-se neste artigo ocupações de diferentes configurações espaciais, seja em galpões industriais, seja em espaços públicos ou semipúblicos da cidade que asseguram uma relação participativa entre palco e plateia e estabelecem papel relevante na fruição entre o corpo e o espaço, fora do edifício teatral.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Evelyn Furquim Werneck Lima, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Arquiteta e professora titular da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro / pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Líder de dois Grupos de Pesquisa 'Estudos de Espaços Teatrais' e 'Espaço, Memória e Planejamento Urbano'. Publicou: Arquitetura do teatro do Renascimento ao século XXI (2017), Arquiteturas e cenografias (2012, com Monteiro); Arquitetura e Teatro (2010 com Cardoso), Das Avant-Gardes à Tradição (2006), Arquitetura para Artes Cênicas (2000), dirigiu o documentário Arquitetura de Teatro Contemporâneo no Estado do Rio de Janeiro (2017).

Referências

ARTAUD, Antonin. O Teatro e seu Duplo. Trad. Teixeira Coelho. São Paulo: Martins Fontes, 2006 [1938].

BAUGH, Christopher. Theatre, Performance and Technology: The Development of Scenography in the Twentieth Century, Basingstoke and New York: Palgrave Macmillan, 2013 [2005].

CARDOSO, Ricardo J.B. A cidade como palco: o centro do Rio de Janeiro como lócus da cena contemporânea. Rio de Janeiro: Secretaria Municipal das Culturas, 2008.

CARLSON, Marvin. Places of Performance. The Semiotics of Theatre Architecture. Ithaca: Cornell University Press. 1989.

CARLSON, Marvin. The Haunted Stage. The Theatre as Memory Machine. Ann Arbor: The University of Michigan Press, 2003

CARREIRA, André. Teatro de Invasão do espaço urbano. A cidade como dramaturgia. São Paulo: HUCITEC, 2019.

CERTEAU, Michel de. A Invenção do cotidiano. Artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 1998.

Entrevista de Ariane Mouchkine a Luiz Felipe Reis. “Um novo porto seguro para o Théâtre du Soleil”. O Globo Cultura. 22 jul. 2013.

“Executivo Dom Quixote se aventura na Capital”. Grupo de teatro goiano encerra apresentação de adaptação de obra de Cervantes. NSC de 16/09/2008, Disponível em https://www.nsctotal.com.br/noticias/executivo-dom-quixote-se-aventura-na-capital. Acesso em: 28 maio 2020.

FERNANDES, Sílvia (org.) Teatro da Vertigem. São Paulo: Editora Cobogó, 2018.

FILMER, Andrew. Backstage Space: The Place of the Performer. Doctoral Thesis. Department of Performance Studies, University of Sydney, 2006.

HANNAH, Dorita. Event-Space. Theatre Architecture and the Historical Avant -Garde. London: Routledge, 2019.

HANNAH, Dorita & Khan, Omar. Performance/Architecture: An Interview with Bernard Tschumi. Journal of Architectural Education. Volume 61, Issue 4, 2008, p. 52-58.

IRWIN, Kathleen. The Ambit of Performativity. How Site Makes Meaning in Site-Specific Performance. Helsinki: University of Arts and Design, Helsinki, 2007.

KERSHAW, Baz. The Radical in Performance: Between Brecht and Baudrillard. Londres: Routledge, 1999.

LIMA, Evelyn F. W. Factory, Street and Theatre: Two theatres by Lina Bo Bardi. In: Andrew Filmer; & Juliet Rufford. (Ed.). Performing Architectures. Projects, Practices, Pedagogies. 1st ed. London: Bloomsbury Methuen, 2018, v. 1, p. 35-48.

LIMA, Evelyn F. W. O espaço do teatro, a cidade e a política: diálogos possíveis. ArtCultura_Revista de História, Cultura e Arte. Uberlândia, 2018, v. 20, p. 113-127, 2018. DOI 10.14393/artcv20-n37-2018-4724

Entrevista de Luiz Fernando Lobo. In: “A Mandrágora, de Maquiavel, estreia no Armazém da Utopia”. (2019). Jornal da Fundação Perseu Abramo de 25/10/2019. Available in https://fpabramo.org.br/2019/10/25/a-mandragora-de-maquiavel-estreia-no-armazem-da-utopia/. Acesso em: 12 dez. 2019.

MCAULEY, Gay. Space in Performance: Making Meaning in the Theatre, Ann Arbor, MI: University of Michigan Press, 2000.

PALINHOS, Jorge. (2014) Space and Performance - Researching place and gesture in real settings. In: Dramatic Architectures: places of drama, drama for places Conference Proceedings. Porto, November 3-5.

PEARSON, Mike; SHANKS, Michael. Theatre/Archaeology. Londres e Nova York: Routledge, 2001.

PICON-VALLIN, Béatrice. Ariane Mnouchkine/Introdução, escolha e apresentação dos textos por Béatrice Picon-Vallin. São Paulo: riocorrente, 2011.

RUFFORD, Juliet. Theatre & Architecture, Basingstoke e Nova York: Palgrave Macmillan, 2015.

RUFFORD, Juliet. Conferência "Constructive Play: Architecture, Theatre and the Culture of Late Capitalism" realizada na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, 2017. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=92XP1XJtq-o&t=62s. Acesso em: 9 jun. 2020.

VANNUCCI, Alessandra. Legado de Caim: a jornada brasileira do Living Theatre (1970-71). São Paulo: Sala Preta, Vol. 15, n. 1, p. 217

WILKIE, Fiona. Out of Place. The Negotiation of Space in Site-Specific Performance. Tese de doutorado. University of Surrey (School of Arts), 2004.

Downloads

Publicado

2020-09-24

Como Citar

LIMA, Evelyn Furquim Werneck. Dos galpões industriais aos espaços públicos da cidade: alguns processos de configuração espacial nas artes da cena brasileira. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 38, p. 1–31, 2020. DOI: 10.5965/14145731023820200023. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/18005. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Espaços: configurações na cena brasileira e latino-americana