O grotesco, a commedia dell’arte e o clown: visão de dentro e de fora

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103362019286

Palavras-chave:

Commedia dell'arte, Grotesco, Clown, Riso, Trágico obviado

Resumo

As linguagens da commedia dell’arte e do clown, em diálogo com o conceito de grotesco, no Barracão Teatro (Campinas - SP). Parte-se das observações e vivências destas linguagens - e das entrevistas com Tiche Vianna e Ésio Magalhães, que abordam especialmente a montagem da comédia “Zabobrim: O rei vagabundo” - para as influências e atravessamentos no trabalho de uma das autoras enquanto atriz, palhaça e pesquisadora da comicidade de cunho popular. Conclusão da análise da linguagem do cômico do Barracão Teatro feito por receptora, i.e., público - e outra autora do presente artigo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raíssa Guimarães de Souza Araújo, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Graduada e Mestre em Artes da Cena. UNICAMP

Suzi Sperber, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Livre docente Unicamp; autora: Caos e Cosmos; Signo e sentimento; Ficção e razão; Contadores de histórias da Amazônia ribeirinha; Identidade e Alteridade; Presença do sagrado na literatura (org.); Teoria literária e hermenêutica ricœuriana (org).

Referências

ARAÚJO, Raíssa Guimarães de Souza. O riso grotesco, a Commedia Dell’Arte e o Clown: Vivência e aprendizado no Barracão Teatro. 2019 Dissertação (Mestrado em Artes da Cena) – Instituto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo, 2019.

ARISTÓTELES. Poética. Tradução, prefácio, introdução, comentário e apêndices de Eudoro de Sousa. 7ª ed. [SI]: Imprensa Nacional Casa da Moeda, 2003.

BAKHTIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. Brasília: Editora da UNB, 2008.

BERGSON, Henri. O Riso, ensaio sobre a significação do cômico. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1983.

BRONDANI, Aglae Joice, LEITE Campos Vilma, TELLES Narciso (Orgs). Teatro- Máscara-Ritual. Campinas, SP: Editora Alínea, 2012.

CANDIDO, Antonio, Anatol ROSENFELD, Décio de Almeida PRADO e Paulo Emílio Sales GOMES. A Personagem de Ficção. 2a edição. São Paulo: Perspectiva, 1968.

DUARTE, Fernanda Jannuzzelli. Circo-Teatro através dos tempos: cena e atuação no pavilhão Arethuzza e no Circo de Teatro Tubinho. 2015 Dissertação (Mestrado em Artes da Cena) – Instituto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo, 2015.

PANTANO, Andreia Aparecida. Ser palhaço. Universidade Paulista (UNIP). 2008. Fon- te: http://www.portalabrace.org/vcongresso/textos/dramaturgia/Andreia%20Apare- cida%20Pantano%20-%20Ser%20Palhaco.pdf

PAVIS, Patrice. Dicionário de Teatro. São Paulo: Perspectiva, 2008.

SILVA, Ermínia. Circo-Teatro: Benjamin Oliveira e a Teatralidade Circense no Brasil. São Paulo: Altana, 2007.

VIANNA, Tiche. Para além da Commedia Dell’Arte – A máscara e sua pedagogia. Campinas, 2017. Tese (Doutorado em Artes da Cena) – Instituto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo, 2017.

Downloads

Publicado

2019-12-13

Como Citar

ARAÚJO, R. G. de S. .; SPERBER, S. O grotesco, a commedia dell’arte e o clown: visão de dentro e de fora. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 36, p. 286-305, 2019. DOI: 10.5965/1414573103362019286. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/16077. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Pedagogia do Teatro: vozes da América Latina