Casos e coisas em torno de Nora, ou para onde pode ir o teatro quando uma mulher bate a porta atrás de si com força

Autores

  • Lúcia Romano Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquista Filho

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103332018174

Resumo

No presente texto, analisamos encenações nacionais inspiradas em A Casa de Bonecas, de Henrik Ibsen, a fim de observar de que maneira elas possibilitaram uma perspectiva mais libertária para as mulheres, considerando variações no modo de apresentar o estatuto ficcional da personagem feminina protagonista, Nora, assim como recursos de desestruturação de alguns pilares do modelo dramático mais tradicional (em termos da abordagem dramatúrgica, das invenções da cena e sua semiose e da relação entre enquadramento ficcional e contexto histórico da montagem). Serão atritadas algumas montagens realizadas de 2009 a 2018, em especial, no Rio de Janeiro e em São Paulo, observando como casos paradigmáticos as experiências da Cia Temporária de Investigação Cênica, em E Agora, Nora?, dirigida por Joana Dória a partir de criação colaborativa, e da versão nacional de Casa de Bonecas -2, encenação de Regina Galdino produzida e protagonizada por Marília Gabriela, a partir do texto de Lucas Hnath. As encenações configuram dois exemplares contrastantes da relação entre feminismo, cena teatral e criação das mulheres, e são tratadas aqui como pólos de uma linha (tensa) desenhada por possíveis escolhas criativas, permitindo levantar elementos que definem um teatro diferenciadoatravés da ênfase na luta pela igualdade entre homens e mulheres.

Biografia do Autor

Lúcia Romano, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquista Filho

Professora Dra Assistente da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquista Filho. Atriz fundadora dos grupos Barca de Dionisos e Teatro da Vertigem, atua hoje como intérprete e produtora na Cia Livre de Teatro.

Downloads

Publicado

2018-11-19

Como Citar

Romano, L. (2018). Casos e coisas em torno de Nora, ou para onde pode ir o teatro quando uma mulher bate a porta atrás de si com força. Urdimento - Revista De Estudos Em Artes Cênicas, 3(33), 174-195. https://doi.org/10.5965/1414573103332018174

Edição

Seção

Dossiê Temático - Teatros Feministas: Lutas e Conquistas