Saberes da tradição popular e da academia na formação do Professor de Teatro: o projeto da Ufal

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101342019048

Resumo

Apresentação e problematização do Projeto Pedagógico do Curso de Teatro Licenciatura, da Universidade Federal de Alagoas, que propõe, na formação do Professor de Teatro para a Educação Básica, o diálogo entre os conhecimentos acadêmicos com as manifestações espetaculares da tradição popular brasileira. Trata-se de proposição pedagógica do Colegiado deste curso, formulada em uma perspectiva ampliada do teatro e que pode ser significativa para o ensino e a aprendizagem da linguagem teatral no Brasil. A problematização se faz a partir das reflexões sobre cultura, da etnóloga Manuela Carneiro da Cunha, e do conhecimento tácito do artífice, do filósofo Richard Sennett.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Gianini, Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Docente do curso de Teatro Licenciatura na Universidade Federal de Alagoas (ufal), nas áreas de Teatro Educação e Encenação. Doutor e Mestre em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP).

Downloads

Publicado

2019-04-04

Como Citar

GIANINI, Marcelo. Saberes da tradição popular e da academia na formação do Professor de Teatro: o projeto da Ufal. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 34, p. 048–059, 2019. DOI: 10.5965/1414573101342019048. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101342019048. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Pedagogia das Artes Cênicas: desafios e resistência