Territórios criados pelo ...AVOA! Núcleo Artístico: relações possíveis entre dança e cidade

Autores

  • Débora Souto Allemand Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pelotas, RS
  • Eduardo Rocha Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pelotas, RS

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101282017253

Resumo

O artigo encontra algumas relações entre cidade e dança, a partir do projeto “Entre-espaços” do ...AVOA! Núcleo Artístico. Através de oito paradas na Rua São Bento, centro de São Paulo/SP, local de ação do grupo, o texto relaciona alguns dos movimentos realizados pelo ...AVOA! com conceitos estudados, como o ritornelo, as sociedades de controle, o corpo-espaço e o espectador emancipado. Ao final, percebeu-se que a cidade pode passar a ser vista também a partir das pessoas que a habitam. Assim, a arte de rua vem a ser entendida como uma forma de resistência na cidade capitalista contemporânea, que é capaz de transformá-la de dentro do próprio sistema econômico e social.

Biografia do Autor

Débora Souto Allemand, Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pelotas, RS

Professora substituta no curso de Dança-Licenciatura UFPel. Arquiteta e urbanista pela UFPel. Licenciada em Dança pela UFPel. Mestre em Arquitetura e Urbanismo pela UFPel. Trabalha com intervenções urbanas, relacionando dança e cidade. Vice-líder do grupo de pesquisa Cidade+Contemporaneidade.

Eduardo Rocha, Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pelotas, RS

Professor no curso de Arquitetura e Urbanismo UFPel. Arquiteto e urbanista, Doutor em Arquitetura pela UFRGS. É professor no Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo UFPel. Líder do grupo de pesquisa Cidade+Contemporaneidade.

Downloads

Publicado

2017-07-02

Como Citar

Allemand, D. S., & Rocha, E. (2017). Territórios criados pelo .AVOA! Núcleo Artístico: relações possíveis entre dança e cidade. Urdimento - Revista De Estudos Em Artes Cênicas, 1(28), 253-270. https://doi.org/10.5965/1414573101282017253