Alfabetização midiática-visual: estabelecendo algumas concepções e intenções em torno do termo e da prática aliada a linguagem fotográfica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234616382024e0004

Palavras-chave:

educação, direitos humanos, fotografia , mídia

Resumo

Os indivíduos, apesar de estarem visual e midiaticamente envolvidos com sua realidade, pouco sabem da amplitude do poder comunicativo e político dessas produções. Notamos, diante disso, a emergência de outras alfabetizações no escopo de compromissos da educação escolar contemporânea. Posto isso, objetivamos, para este artigo, fazer uma incursão sobre as bases epistemológicas que elucidam aquilo que compreendemos por uma Alfabetização Midiática-Visual no território escolar, apropriando-nos, para tanto, das perspectivas teóricas-conceituais dos compôs: Comunicação/Educação, Estudos Culturais e Direitos Humanos. Este é, portanto, um estudo teórico-reflexivo, caracterizado, metodologicamente, como qualitativo, documental e bibliográfico. Como conclusão, este lineamento intelectivo aponta que uma escola disposta a tomar mídia como objeto de seu estudo é uma escola que alfabetiza os indivíduos para questionarem não apenas as verdades formatadas em palavras, mas também as máximas, que, disfarçadas de imagens, circulam amigavelmente pela sociedade sob o prisma de serem representações incontestáveis do “real”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alissom Brum, Universidade Feevale

Graduado em Publicidade e Propaganda pela Univerasidade Feevale e mestrando em Diversidade Cultural e Inclusão Social na mesma instituição. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Publicidade e Propaganda e Fotografia.  Atua desde 2014 no desenvolvimento de atividades de integração da pesquisa e extensão, tendo como foco a relação mídia, educação e imagem. Atualmente desenvolve pesquisas sobe infâncias e mídias, tendo como foco central Direitos Humanos e Alfabetização Midiática-Visual. 

Saraí Patrícia Schmidt, Universidade Feevale

Possui Doutorado (2006) e Mestrado (1999) em Educação pela UFRGS e graduação em Jornalismo (1991) pela UNISINOS. Docente do PPG em Processos e Manifestações Culturais e do PPG em Diversidade Cultural e Inclusão Social da Universidade Feevale. Pesquisadora Gaúcha (FAPERGS) e CNPQ Edital Ciências Sociais Aplicadas. Responsável pela formação de professores na área de Mídia e Diversidade da SMED/NH. Coordenadora do GT Educação e Comunicação da ANPEd (2016-2017).

Referências

ACHUTTI, Luis Eduardo R. Fotoetnografia. Porto Alegre: Tomo Editorial, 1997.

AGUADED, Ignacio et al. Currículo Alfamed de formação de professores em educação midiática AMI (Alfabetização midiática e informacional) na era pós-COVID-19. São Paulo: Palavra Aberta, 2020.

ALBINO, Jacqueline Meneguel. A complexidade do cotidiano nas relações educativas. In: LAGO, Claudia; VIANA, Claudemir Edson (org.). Educomunicação: caminhos da sociedade midiática pelos direitos humanos. São Paulo: ABPEducom/NCE-USP/Universidade Anhembi Morumbi, 2015. p. 335-342.

BACCEGA, Maria Aparecida. A construção do Campo. Revista USP, São Paulo, n. 48, p. 18-31, dez./fev. 2001.

BAUMAN, Zygmunt. Vidas para consumo: A Transformação das Pessoas em Mercadoria. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

BITTAR, Eduardo C. B. Educação e metodologia para os direitos humanos: cultura democrática, autonomia e ensino jurídico. In: SILVEIRA, Rosa Maria Godoy et al. Educação em Direitos Humanos: Fundamentos teórico-metodológicos. João Pessoa: Editora Universitária, 2007.

BRUM, Eliane. A vida que ninguém vê. Porto Alegre: Arquipélago Editorial, 2006.

BUCKINGHAM, David. Digital Media Literacies: rethinking media education in the age of the Internet. Research in Comparative and International Education, Oxford (Reino Unido), v. 2, n. 1, p.43-55, 2007.

BUCKINGHAM, David. As crianças e a mídia: uma abordagem sob a ótica dos estudos culturais. Matrizes, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 93-121, 2012.

CAMPOS, Marcio D’olne. Leitura da palavra... Leitura do mundo. In: FREIRE, Paulo; CAMPOS, Marcio D’olne. Leitura da palavra... Leitura do mundo. O Correio da UNESCO, Rio de Janeiro, v. 19, n. 2, 1991.

CARLSSON, Ulla. Prefácio. In: GRIZZLE, Alton et al. Alfabetização midiática e informacional: diretrizes para a formulação de políticas e estratégias. Brasília: UNESCO; Cetic.br, 2016.

COSTA, Marisa Vorraber. Consumir o “outro” como prática da cidadania. In: COSTA, Marisa Vorraber. A educação na cultura da mídia e do consumo. Rio de Janeiro: Lamparina, 2009a. p. 30-32.

COSTA, Marisa Vorraber. Escola e Consumo. In: COSTA, Marisa Vorraber. A educação na cultura da mídia e do consumo. Rio de Janeiro: Lamparina, 2009b. p. 76-78.

DEWEY, John. Democracia e Educação: Introdução à Filosofia da Educação. São Paulo: Editora Nacional, 1979.

FANTIN, Monica. Alfabetização midiática na escola. In: CONGRESSO DE LEITURA DO BRASIL, 16., 2007, Campinas. Anais eletrônicos [...]. Campinas: Faculdade de Educação –Unicamp, 2007. Disponível em: https://alb.org.br/arquivo-morto/edicoes_anteriores/anais16/sem05pdf/sm05ss15_06.pdf. Acesso em 19 jun. 2023.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo: Paz e Terra, 2016.

FREIRE, Paulo. Entrevista com Paulo Freire. [Entrevista concedida a Nilcéa Lemos Pelandré]. EJA em Debate, Florianópolis, ano 3, n. 4, p. 13-27, jul. 2014.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação. São Paulo: Paz e Terra, 1982.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

GIROUX, Henry A. Memória e Pedagogia no maravilhoso Mundo da Disney. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (org.). Alienígenas na sala de aula: uma introdução aos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 1995. p. 132-158.

GRIZZLE, Alton et al. Alfabetização midiática e informacional: diretrizes para a formulação de políticas e estratégias. Brasília: UNESCO; Cetic.br, 2016.

KELLNER, Douglas. Lendo imagens criticamente: em direção a uma pedagogia pós-moderna. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (org.). Alienígenas na sala de aula: uma introdução aos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 1995. p. 104-131.

KELLNER, Douglas; SHARE, Jeff. Educação para a leitura crítica da mídia, democracia radical e a reconstrução da educação. Educação e Sociedade, Campinas, v. 29, n. 104, p. 687-715, 2008.

MARTIN-BARBERO, Jesús. Desafios Culturais: da Comunicação a Educomunicação. In: CITELLI, Adilson Odair; COSTA, Mari Cristiana Castilho (org.). Educomunicação: construindo uma nova era de conhecimento. São Paulo: Paulinas, 2011. p. 121-134.

SANTOS NETO, José Leite dos. O que é educação midiática? Um campo de interação entre cinema e educação. REPI – Revista Educação, Pesquisa e Inclusão, Boa Vista, v. 1, p. 156-168, 2020.

PESCAROLO, Joyce Kelly. Direitos Humanos na Escola: Entre Reproduções e Transformações. Sociologias Plurais, Curitiba, v. 1, p. 123-143, 2013.

RADDATZ, Vera Lucia Spacil. Tecnologias na educação: mediação para os Direitos Humanos. In: LAGO, Claudia; VIANA, Claudemir Edson (org.). Educomunicação: caminhos da sociedade midiática pelos direitos humanos. São Paulo: ABPEducom/NCE-USP/Universidade Anhembi Morumbi, 2015. p. 393-402.

SIERRA, González Darwin. Comunicación/educación en América Latina: una aproximación desde las instituciones y las tecnologías en educación, Revista Historia de la Educación Latinoamericana, Boiacá, v. 23, n. 36, p. 119-134, 2021.

SOARES, Ismar de Oliveira. Educomunicação e Educação Midiática: vertentes históricas de aproximação entre comunicação e educação. Comunicação & Educação, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 15-26, 2014.

SOARES, Ismar de Oliveira; BLANCO, Patrícia. A Urgência da Educação Midiática. In: AGUADED, Ignacio et al. Currículo Alfamed de formação de professores em educação midiática AMI (Alfabetização midiática e informacional) na era pós-COVID-19. São Paulo: Palavra Aberta, 2020.

SOARES, Ismar de Oliveira; VIANA, Claudemir; XAVIER, Jurema Brasil. Educomunicação e Alfabetização Midiática: conceitos, práticas e interlocuções. São Paulo: ABPEducom, 2016.

SOARES, M. Alfabetização e letramento: caminhos e descaminhos. Revista Pátio, [S. I.], p. 96-100, 2004.

SOLOMON, Andrew. Longe da Árvore: pais filhos e a busca da identidade. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

SOUSA, Lumárya Souza de. Favelação: experiências de letramento midiático através da pesquisa-ação. 2019. Dissertação (Mestrado em Comunicação ) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal Fluminense (UFF), Niterói, 2019.

SOUSA, Nadia Jane de. Infância e Mídia: desafios para a educação na contemporaneidade. Espaço do Currículo, João Pessoa, v. 9, n. 1, p. 173-181, jan./abr. 2016.

SOUZA, Solange Jobin; LOPES, Ana Elisabete Lopes. Fotografar e narrar: a produção do conhecimento no contexto da escola. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 116, p. 61-80, 2002.

STEINBERG, Shirleiy R.; KINCHELOE Joe L. Cultura Infantil: a construção corporativa da infância. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

Downloads

Publicado

2024-03-15

Como Citar

BRUM, Alissom; SCHMIDT, Saraí Patrícia. Alfabetização midiática-visual: estabelecendo algumas concepções e intenções em torno do termo e da prática aliada a linguagem fotográfica. Palíndromo, Florianópolis, v. 16, n. 38, p. 1–24, 2024. DOI: 10.5965/2175234616382024e0004. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/24087. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Seção temática