Reflexões sobre o teatro de animação na contemporaneidade

Autores

  • Mário Piragibe Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

DOI:

https://doi.org/10.5965/2595034702042007189

Resumo

Há um problema fundamental em se tentar definir o contemporâneo como um ambiente seletivo, dentro do qual se abrigam manifestações e idéias consideradas exemplares do que existe de mais moderno no momento presente. O emprego do
termo “contemporâneo”, como modo de nomear determinadas tendências estéticas distintas ao que lhe seria “anterior”, ignora, entre muitas outras coisas, a densidade e a heterogeneidade do momento presente, bem como o problema que é conferir-lhe limites. Para o teatro de animação moderno essa noção se investe de uma importância particular, e que serve para o autor como ponto de partida para este artigo.

Biografia do Autor

Mário Piragibe, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Ator, professor de teatro, integrante da Cia. PeQuod Teatro de Animação desde o ano de 2006. Mestre em Teatro pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO.

Downloads

Publicado

2018-04-13

Como Citar

PIRAGIBE, M. Reflexões sobre o teatro de animação na contemporaneidade. Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas, Florianópolis, v. 2, n. 04, p. 189-204, 2018. DOI: 10.5965/2595034702042007189. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/moin/article/view/1059652595034702042007189. Acesso em: 30 nov. 2021.