Desconforto em calçados segundo a percepção do público idoso feminino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1982615x15372022218

Palavras-chave:

Ergonomia, Calçados, Idosas

Resumo

Muitas mulheres idosas apresentam deformações recorrentes nos pés devido à utilização inadequada de calçados e alterações fisiológicas consequentes do envelhecimento. Desta forma, torna-se relevante avaliar a sensação de desconforto em calçados de uso diário por meio da percepção da usuária idosa. A pesquisa experimental consistiu na aplicação de questionário a uma amostra de 135 mulheres idosas, entre 60 a 84 anos, separadas por faixa etária e por classificação socioeconômica, com questões objetivas e campos para comentários, permitindo traçar o perfil da mulher idosa e sua percepção de desconforto relacionada aos calçados. Os resultados apontaram dados significativos na relação entre idade e desconforto no calce e interação com os calçados, sendo possível perceber que a maioria das senescentes expressa alguma dificuldade de interação com o produto e que idosas com idade mais avançada relatam ainda mais queixas, o que reforça a importância do desenvolvimento de calçados com uma abordagem ergonômica direcionada adequadamente ao público feminino idoso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Cláudia Antunes, Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc)

Doutoranda em História no Programa de Pós Graduação da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC. Mestre em Design pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC (2019), na Área de Concentração em Métodos para os Fatores Humanos. Possui graduação em Design de Moda pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali (2014). Atualmente, é docente de Ensino Superior em Design de Moda na Uniasselvi, campus Indaial, e docente de Ensino Técnico em Produção de Moda no Senai, polo Joinville Norte. Tem experiência na área de Design de Moda, Tecnologia do Vestuário e Comunicação e Produção de Moda, com ênfase no desenvolvimento de projetos e concepção de produtos de vestuário e acessórios, pesquisa de tendências e comportamento do consumidor.

Alexandre Amorim dos Reis, Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc)

Bacharel em Design Industrial pela Universidade do Estado de Minas Gerais (1993), Mestre em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Ouro Preto (1998) e Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003). É Professor Associado com dedicação integral na UDESC. Ocupou os cargos de Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Coordenador de Pesquisa da Pró-Reitoria, por duas gestões, Coordenador de Avaliação Institucional - Comissão Permanente de Avaliação da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Coordenador do Curso de Design e Chefe do Departamento de Design por quatro gestões, implantou e foi o Coordenador do Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Design - PPGDesign. Implantou o Doutorado Interinstitucional em Design (PUC-RIO/UDESC, DINTER/CAPES). Como Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq (2008/18), foi membro do Comitê Assessor em Desenho Industrial - CA/DI (2011/14). Foi membro do Comitê Assessor na Área de Design para o ENADE-INEP/MEC (2006-12). Foi membro do Conselho deliberativo da FAPESC, é consultor do CNPq, da FAPESP, da FAPESC, da FAPEMIG, da FACEPE, da Fundação Araucária e do Conselho Estadual de Educação/SC. Coordena o Laboratório de Pesquisas Ergonômicas em Design - LPED. Atua em pesquisa e desenvolvimento em Design Industrial, em Ergonomia e Fatores Humanos: sistemas de imersão em realidade virtual, modelamento digital humano e sistemas virtuais de avaliação ergonômica.

Referências

BARBOSA, C. M. Efeito no uso de palmilhas no equilíbrio de idosas com osteoporose. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/310629/1/Barbosa_CeciliadeMorais_M.pdf. Acesso em: 17 de mai. 2018.

CASTRO, A. P.; REBELATTO, J. R.; AURICHIO, T. R.; The relationship between foot pain, anthropometric variables and footwear among older people. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19497557. Acesso em: 04 jun. 2018. IBGE. Projeção da população do Brasil e das Unidades da Federação. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/apps/populacao/projecao. Acesso em: 21 set. 2016.

IBGE. Censo Demográfico 2010. Disponível em: https://sidra.ibge.gov.br/tabela/3277#resultado. Acesso em: 30 set. 2018.

MENZ, H. B.; MORRIS, M. Footwear Characteristics and Foot Problems in Older People. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16110238. Acesso em: 04 de jun. 2018.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/abcad19.pdf. Acessoem: 18 de mai. 2018.

NETTO, M. P. Gerontologia. São Paulo: Editora Atheneu, 2002.

Downloads

Publicado

2022-07-15

Como Citar

ANTUNES, A. C.; REIS, A. A. dos. Desconforto em calçados segundo a percepção do público idoso feminino. Modapalavra e-periódico, Florianópolis, v. 15, n. 37, p. 218-266, 2022. DOI: 10.5965/1982615x15372022218. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/modapalavra/article/view/21804. Acesso em: 14 ago. 2022.