Semejanzas entre procedimientos de Erwin Piscator y procesos de creación dramatúrgica actorales

Autores

  • Elisa Martins Lucas Diretora de Artes Cênicas e Pesquisadora - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Doutora em Ciências do Espetáculo-Universidade de Sevilha (Espanha) Mestra em Ciências do Espetáculo-Universidade de Sevilha (Espanha) Bacharel em Artes Cênicas UFRGS (Brasil) Integrante do Grupo de Pesquisa Dramaturgias Contemporâneas: Percursos entre Adaptação, Gênero, História e Imaginário - FURG (DGP-CNPQ) http://orcid.org/0000-0003-2569-4873

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312915252020e0013

Palavras-chave:

Teatro alemão, Piscator, Erwin, 1893-1966, Teatro (Literatura) - Técnica, Criação (Literária, artística, etc.) na arte

Resumo

El artículo presenta un análisis de los procedimientos adoptados por el director alemán Erwin Piscator en los procesos adaptativos de las piezas Rasputín (1927) y Las Aventuras del Buen Soldado Schweik (1927) y los compara con algunos procesos de creación dramatúrgica contemporáneos. Los procedimientos utilizados por Erwin Piscator pueden ser considerados como precursores del proceso de creación dramatúrgica actoral desarrollado por actores contemporáneos, pero desde el punto de vista del director.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisa Martins Lucas, Diretora de Artes Cênicas e Pesquisadora - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Doutora em Ciências do Espetáculo-Universidade de Sevilha (Espanha) Mestra em Ciências do Espetáculo-Universidade de Sevilha (Espanha) Bacharel em Artes Cênicas UFRGS (Brasil) Integrante do Grupo de Pesquisa Dramaturgias Contemporâneas: Percursos entre Adaptação, Gênero, História e Imaginário - FURG (DGP-CNPQ)

Natural de Rio Grande, Elisa Lucas é atriz, pesquisadora, dramaturga, diretora, oficineira teatral e contadora de histórias. Doutora e Mestra em Ciências do Espetáculo (Universidade de Sevilha, Espanha). Bacharel em Artes Cênicas (UFRGS). Atua em Teatro, Oficinas de Teatro, Contação de Histórias, Teatro Empresarial e Vídeo desde 2000 em Porto Alegre, RS. Fundadora do Grupo Capitu. Desenvolve estudos focados no trabalho do ator, criação dramatúrgica, processos de criação cênica e presença de palco para músicos. A partir da pesquisa O processo de criação dramatúrgica do ator, desenvolveu e encenou os textos Confesso que Capitu (2004), Histórias de uma Mala Só (2009) - Prêmio Tibicuera de Melhor Atriz 2009 - Encantos de Natal (2012) e A Dama dos Evangelhos (2014). Este último, desenvolvido na Espanha com ajuda de Iberescena e publicado em Dramaturgia de Iberescena: Antologia (México, 2012), representando o Brasil. Integra o grupo Dramaturgias Contemporâneas: Percursos entre Adaptação, Gênero, História e Imaginário (FURG), coordenado pelo Prof. Dr. Valter Henrique de Castro Fritsch. Integra o Coletivo As DramaturgA. Atualmente é Diretora de Artes Cênicas do Instituto de Artes da UFRGS.

Elisa realizou cursos com Julia Varley, Jean Jacques Lemetre, Philip Goulier, Thomas Leabhart, Antonio Amâncio, Maria Helena Lopes, Luis Carlos Vasconcellos, Ivaldo Bertazzo e outros mestres do Brasil, Espanha, Itália, França, Inglaterra e EUA.

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/106151299186

Referências

ASSIS, M. Don Casmurro. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 2008.

CAMPO, J. P. G. El Conflicto y la Escena: Arte y Política en Piscator. In: Revista Riff-Raff. Zaragoza, n. 26, p. 107-115, 2004.

HERNANDO, C. V. Erwin Piscator: Problemática y corte epistemológico. In: ADE teatro: Revista de la Asociación de Directores de Escena de España, Madri, n. 34, p. 81, 82, 83, feb. 1994.

LUCAS, E.M. Histórias de uma mala só. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2018. v. 1

LUCAS, E. M. Lo Profano y lo Sagrado en el proceso de creación dramatúrgica del actor a partir del personaje de María Magdalena: Interrelación entre teoría y praxis escénica. 2016. Tesis (Doctorado en Ciencias del Espectáculo) – Programa de Doctorado en Ciencias del Espectáculo, Facultad de Filología, Universidad de Sevilla, Sevilla, 2016.

LUCAS, E. M. O Processo de criação dramatúrgica do ator: Percursos investigativos na prática teatral. In: Fritsch. V. H. de C. (org.). Dramaturgia: poéticas do moderno e do contemporâneo. Rio de Janeiro: Bonecker, 2019a. v. 1, p. 103-119.

LUCAS, E. M. Un experimento de proceso de creación dramatúrgica del actor a partir del personaje de María Magdalena. DAPESQUISA, v. 14, n. 23, p. 155-175, ago. 2019b.

OLIVETTO, D.; CARREIRA, A. L. A. N. Processos Criativos do Teatro de Grupo: Investigando Diálogos e Papéis do Ator. In: JORNADA DE PESQUISA CEART, 2.; SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UDESC,16., 2006. Anais[...] Florianópolis, 2006.

PAVIS, P. Dicionário da performance e do teatro contemporâneo. São Paulo: Perspectiva, 2017.

PISCATOR, E. A Adaptação de Romances à Cena (1956). In: REDONDO JR et al. O Teatro e sua Estética. Lisboa: Arcádia, 1964. p .353-363

PISCATOR, E. Teatro Político. Madrid: Editorial Ayuso, 1976.

SOUSA, B. Ensaio Hamlet. Website Biblioteca do Instituto de Artes – Digital UNESP. Acervo Bob Sousa. Disponível em: http://acervodigital.unesp.br/handle/123456789/65697. Acesso em: 30 set. 2019.

Publicado

2020-09-22

Como Citar

Lucas, E. M. (2020). Semejanzas entre procedimientos de Erwin Piscator y procesos de creación dramatúrgica actorales. DAPesquisa, 15, 01-16. https://doi.org/10.5965/1808312915252020e0013